Cotidiano

Alesp discute proibição de mensalidades para dispositivos de cobrança automática nos pedágios

publicado em 12 de dezembro de 2018 - Por BJD
Custos com implantação e operação de sistemas deveriam ser absorvidos pelas concessionárias das rodovias

Membros da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) articulam um acordo para transformar em lei o projeto que proíbe a cobrança de taxas de adesão e mensalidades pelo uso de dispositivos eletrônicos de cobrança de pedágios no Estado, como Sem Parar e ConectCar.

Matéria completa na edição impressa de quinta-feira, 13 de dezembro.