Cotidiano

Aduelas começaram a ser instaladas na Praça Chico Major

publicado em 22 de fevereiro de 2020 - Por BJD
Foto: Arquivo

As obras de recuperação na rotatória da Praça Chico Major, no Bairro do Lavapés, seguem em ritmo acelerado. Nesta semana, os trabalhos foram concentrados na instalação das aduelas que foram colocadas em um trecho da obra, o que em breve propiciará a liberação de parte do trânsito no local.

As aduelas foram colocadas no trecho próximo ao prédio de um antigo supermercado existente no local, na travessia até a rotatória. As peças estão sendo instaladas com o objetivo de ampliar as dimensões da nova canalização, pois está sendo feita uma galeria paralela para aumentar a vazão de água, para evitar as enchentes no local.

As obras dos demais trechos seguem em andamento para que seja feita a reconstrução do local, a pavimentação e por fim a retomada e regularização total do trânsito nas vias interditadas.

Os serviços foram iniciados no final do mês de janeiro, em caráter emergencial. Segundo técnicos da Prefeitura, a estrutura local estava em processo de falência, visto que era uma construção muito antiga. Foram identificadas depressões no entorno da rotatória, no solo, pois as pedras de sustentação e os pilares estavam ruindo, o que também causou a obstrução e comprometeu a vazão do Ribeirão Lavapés, que passa debaixo do local.

Diante da urgência e dos riscos, foram tomadas como medidas preventivas a interdição do local e o desvio do trânsito, para segurança dos pedestres e motoristas, e início imediato das obras de reconstrução.

A prefeitura comprou 155 aduelas, que estão sendo entregues conforme a fabricação, pois são peças produzidas sob encomenda, e também está utilizando na obra maquinários de grande porte para garantir uma melhor eficiência e agilidade nos trabalhos.

DESAPROPRIAÇÃO DE ÁREA

O prefeito Jesus Chedid editou o Decreto nº 3.204, que declara de Utilidade Pública, para fins de desapropriação, uma área que fica em frente às lojas Cem, próxima à Praça Chico Major, que no passado foi atingida por um incêndio.

De acordo com o decreto, a aquisição da área será para a realização de obras de canalização do Ribeirão Lavapés. A área a ser desapropriada possui 824,25 m².