Cotidiano

15 escolas da rede estadual retomam atividades presenciais

publicado em 6 de novembro de 2020 - Por BJD
A Escola Estadual denominada recentemente Dom Bruno Gamberini, localizada no Jardim São Miguel, é uma das que aderiram ao retorno gradativo (Divulgação)

Até o início da próxima semana 1.300 escolas da rede estadual de São Paulo de 219 municípios paulistas retomam as atividades presenciais.

Do total das unidades que optaram pelo retorno, 500 estão na capital, e no interior, 15 são de Bragança Paulista (abaixo). Juntas, em todo o estado, as unidades devem atender cerca de 400 mil alunos.

“A escola organiza seu plano com seus estudantes e com a sua comunidade para a atividade de retorno, respeitando sempre todos os protocolos. Sem eles, nós não autorizamos as atividades. Estamos dando passos vagarosamente, mas com segurança. Temos tido sucesso neste retorno, porque não tivemos nenhum caso de transmissão de Covid dentro das nossas escolas. Fazemos acompanhamento e monitoramento desses dados”, afirmou o secretário estadual da Educação Rossieli Soares.

A retomada opcional das aulas regulares presenciais escalonadas ocorre desde o dia 7 de outubro para alunos do ensino médio e da modalidade Educação para Jovens e Adultos (EJA). Mas o retorno, entretanto, está condicionado à autorização dos prefeitos de cada um dos 645 municípios paulistas. As prefeituras são autônomas para decidir se vão ou não acompanhar o cronograma estadual.

Em Bragança Paulista, o decreto municipal 3.419/2020, de 28 de outubro de 2020, determina que está facultado o retorno às atividades presenciais, com as limitações, regras e restrições previstas no Plano SP, das turmas dos cursos de ensino médio regular e de Educação de Jovens e Adultos (EJA), tanto na rede pública, quanto privada.

“As instituições de ensino que optarem pelo retorno às atividades presenciais, deverão, antes do início das atividades, apresentar protocolo sanitário ao Comitê de Crise para Supervisão e Monitoramento dos Impactos da Covid-19 para sua aprovação”, informa o decreto.

O retorno na cidade de Bragança Paulista ocorre de maneira gradativa e é facultativo, não só para os alunos, como também para os professores.

Escolas Estaduais que aderiram ao retorno gradativo das aulas em Bragança Paulista

E. E. Cásper Libero, Vila Mota
E. E. Desportista Inaldo Manta, Curitibanos
E. E. Dom Bruno Gamberini, São Miguel
E. E. Dom José Maurício da Rocha, Parque Brasil
E. E. Doutor Fernando Amos Siriani, Jardim da Fraternidade
E. E. Ministro Alcindo Bueno de Assis, Vila Aparecida
E. E. Professor Bruno Florenzano, Água Cumprida
E. E. Professor José Nantala Badue, Vila Santa Libânia
E. E. Professora Maria José Moraes Salles, Matadouro
E. E. Professor Marcos Guimarães, Vila Bianchi
E. E. Professora Mathilde Teixeira de Moraes, Planejada I
E. E. Professor Paulo Silva, Taboão
E. E. Professor Sebastião Ferraz de Campos, Toró
E. E. Professor Siles Coli, Campo Novo
E. E. Sílvio de Carvalho Pinto Junior, Planejada II

Conversas no Facebook