Coronavírus

Vacinação contra a Covid-19: conheça os primeiros imunizados do município

publicado em 23 de janeiro de 2021 - Por BJD
Tiago de Jesus Cunha Teleken, 40 anos, enfermeiro - Claudia Maria Ferreira da Silva, 53 anos, médica - Marly Aparecida de Oliveira Sales, 49 anos, técnica de enfermagem

As primeiras vacinas contra a Covid-19 chegaram em Bragança Paulista na madrugada de quinta-feira, dia 21. E para marcar esse momento histórico, três profissionais que atuam na linha de frente de combate à pandemia foram vacinados.

O primeiro profissional imunizado foi o enfermeiro Tiago de Jesus Cunha Teleken, 40 anos. Casado e pai de uma menina de 10 meses, Tiago é pós-graduado em Urgência e Emergência e no Ensino em Saúde. Professor da Universidade São Francisco (USF), ingressou na Prefeitura de Bragança Paulista em 2015 e atualmente presta serviço na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Bom Jesus, na Hípica Jaguari.

A médica Claudia Maria Ferreira da Silva, 53 anos, mãe de duas filhas, foi a segunda profissional a ser imunizada. Na Prefeitura de Bragança Paulista desde 2004, ela atualmente trabalha na UPA Bom Jesus, unidade que atua exclusivamente no atendimento aos pacientes com sintomas da Covid-19. Mestre em Ciência na Área de Farmacologia pela UNICAMP, Dra. Claudia também é professora da USF.

A terceira profissional imunizada no município foi a técnica de enfermagem Marly Aparecida de Oliveira Sales, 49 anos. Mãe de um filho, Marly está na Prefeitura desde 2012 e atualmente trabalha no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Mestre em Ciência na Área de Farmacologia pela UNICAMP, Marly também é docente da USF.
Neste primeiro momento, além dos profissionais de saúde, os idosos que estão em Instituições de Longa Permanência (ILP) também receberam imunização.

As secretárias municipais de Saúde, Marina de Oliveira, e de Ação e Desenvolvimento Social, Margarete Alvarenga, acompanharam a aplicação da vacina no Lar São Vicente de Paulo (Jardim Público), onde a primeira idosa a receber foi Elvira Aparecida Estevam de Godoy, 84 anos; na Vila São Vicente de Paulo (Vila Bianchi), Eva de Fátima Pain, 65 anos; e na Residência Inclusiva Abrigo para pessoas adultas com deficiência, o primeiro a receber a dose foi Cristiano Moreira da Silva, 33 anos.

Os demais profissionais de saúde serão vacinados assim que chegarem os novos lotes da vacina, que segundo o Departamento Regional de Saúde VII de Campinas (DRS-VII), chegarão semanalmente.

Bragança Paulista conta com aproximadamente 6.500 profissionais de saúde e 370 idosos que estão em asilos.
Durante a solenidade do início da vacinação, a presidente da Câmara Municipal, Gislene Bueno, afirmou ser um momento de muita emoção para todos os bragantinos. O diretor técnico das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), médico Antonio Ricardo de Carvalho, elogiou o trabalho realizado pela administração no combate à pandemia.

A secretária municipal de Saúde, Marina de Oliveira, destacou o ato como um momento extremamente emocionante. “Ao longo de 11 meses estamos lutando contra a pandemia. A persistência está vencendo a ignorância. Para nós, cada vida vale muito, e cada vida perdida é muito triste. A chegada da vacina é a esperança. A união de todos os departamentos da Prefeitura está vencendo a pandemia aqui em Bragança, todos estamos trabalhando ao mesmo tempo, em conjunto, para salvar vidas”, afirmou Marina.

Em sua fala, a secretária destacou o trabalho do deputado estadual Edmir Chedid, que durante todo esse período trabalhou na liberação de verbas para a implantação dos leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) Covid. Ainda de acordo com a secretária, o município está em vias de liberar mais 6 leitos no Hospital Universitário São Francisco (HUSF). “A partir de hoje mais três leitos UTI entraram em funcionamento. O prefeito Jesus Chedid e o vice-prefeito Amauri Sodré nos ajudaram muito nessa luta. Estamos há 11 meses neste trabalho com muita dedicação”, encerrou Marina.

O vice-prefeito Amauri Sodré destacou a importância da chegada das vacinas. “Hoje é um dia de alegria imensa. A vacina chegou na nossa cidade e vamos continuar salvando vidas”, afirmou.

Por telefone, o prefeito Jesus Chedid também deixou uma mensagem de esperança. “A Coronavac chegou durante a madrugada. É um momento histórico para todos nós. Quero parabenizar o governador João Doria, que foi decisivo nesse processo. A Coronavac foi aprovada pela Anvisa e esperamos que outras vacinas cheguem ao Brasil. Agora vamos enfrentar a pandemia com mais ânimo, com mais esperança”, afirmou o prefeito.

Conversas no Facebook