Coronavírus

Vacina de Oxford contra Covid-19 começa a ser testada em profissionais de saúde de SP

publicado em 23 de junho de 2020 - Por BJD
Imagem Ilustrativa

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a Fundação Lemann confirmaram na segunda-feira, 22 de junho, que começaram os testes em São Paulo da vacina liderada globalmente pela Universidade de Oxford, no Reino Unido.
A vacina é uma das 141 candidatas cadastradas na Organização Mundial de Saúde (OMS) e está entre as 13 que já estão em fase clínica de testes em humanos no mundo.

Os testes da vacina em São Paulo começaram na sexta-feira, 19, e prosseguiram nesta segunda-feira, segundo o Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE) da Unifesp, que coordena a aplicação da vacina em São Paulo.

Segundo a assessoria da Fundação Lemann, a primeira fase da pesquisa, iniciada sexta e segunda, é a fase de triagem dos testes sorológicos nos voluntários, feitos pelo laboratório Fleury. As aplicações da vacina em si, segundo a entidade, devem começar entre esta terça, 23, e quarta-feira, 24.

Conversas no Facebook