Coronavírus

Taxa de ocupação de leitos Covid no município é de 45%

publicado em 9 de junho de 2020 - Por BJD
Leitos do HUSF foram inaugurados na semana passada

Nesta terça-feira, 9 de junho, a taxa de ocupação de leitos Covid-19 é de 45% no município, segundo a secretaria municipal de Saúde, Marina Fátima de Oliveira.
Desde o final de maio, quando o Ministério da Saúde habilitou 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo 10 no Hospital Bragantino e outros no Hospital Universitário São Francisco (HUSF), pacientes que necessitam de UTI usam exclusivamente esses leitos, e não mais como no início da pandemia, quando se utilizavam leitos para as demais enfermidades. “Nós chegamos a ter prejuízos no começo, pois tínhamos que isolar áreas da UTI, para não ter contato de paciente Covid com outros”, afirmou Marina.

Ainda segundo a secretária, com o novos leitos, exclusivos para o tratamento de Covi-19, os pacientes não devem ser misturados. “Se precisar de leitos, vamos usar todos, mas também poderemos enviar para Campinas, por exemplo”, afirmou.

A Santa Casa de Misericórdia possui 4 leitos de UTI do SUS que atendem três municípios; já o HUSF tem 15 leitos de UTI do SUS, que atendem 11 cidades da região.