Coronavírus

Reclassificação do Plano São Paulo entra em vigor e município deve se atentar às regras

publicado em 25 de janeiro de 2021 - Por BJD
A adoção de medidas mais restritivas foi necessária após análise da última semana epidemiológica (Governo do Estado de São Paulo)

As determinações a serem seguidas devem ser as das Fases Laranja e Vermelha, de acordo com sua vigência

Desde segunda-feira, 25 de janeiro, está em vigor a reclassificação do Plano São Paulo, anunciada na sexta-feira, 22. De acordo com a determinação do Estado, a Região de Campinas, da qual Bragança Paulista faz parte, está na Fase Laranja, mas com restrições da Vermelha em dias úteis após as 20h00, e integralmente aos finais de semana e feriados.

Na Fase Vermelha (das 20h às 6h e aos fins de semana) só é permitido o funcionamento normal em setores essenciais, como farmácias, mercados, padarias, lojas de conveniência, bancas de jornal, postos de combustíveis, lavanderias e hotelaria. Demais comércios e serviços não essenciais só podem atender em esquema de retirada na porta, drive-thru e entregas por telefone ou aplicativos.

Na Fase Laranja (de segunda a sexta das 6h às 20h), academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, concessionárias, escritórios e parques estaduais podem funcionar por até oito horas diárias, com atendimento presencial limitado a 40% da capacidade e encerramento às 20h00. O consumo local em bares está totalmente proibido.

A venda de bebidas alcoólicas no comércio varejista só pode ocorrer entre 6h00 e 20h00. Uma nova reclassificação deve ser feita no dia 7 de fevereiro.

Conversas no Facebook