Coronavírus

Quem não usar máscara será multado

publicado em 3 de julho de 2020 - Por BJD

O governador João Doria anunciou na última segunda-feira, 29 de junho, que pessoas ou estabelecimentos comerciais que não usarem máscaras em espaços comuns serão multados a partir de quarta-feira, 1º de julho, pela Vigilância Sanitária. 

A medida vale para os 645 municípios do Estado de São Paulo.

Em Bragança Paulista, a secretaria de Saúde, Marina Fátima de Oliveira comentou esse assunto e lamentou a falta de conscientização de parte da população. “Acho um absurdo termos que aplicar multas para que as pessoas se cuidem. O uso de máscaras é para que não haja transmissão do vírus. É um absurdo termos que utilizar um mecanismo desses para as pessoas preservarem a saúde. Abrimos os estabelecimentos com o compromisso de que as pessoas não entrem sem máscaras, utilizem álcool em gel, sem aglomerações”, afirmou a secretária.

Em estabelecimentos comerciais, a multa prevista é de R$ 5 mil por pessoa sem máscara a cada fiscalização. Já em espaços públicos, como ruas e praças, a pessoa que não estiver usando a proteção será multada em R$ 500,00. “Pode ser desconfortável usar máscaras, mas ela é extremamente necessária. Não queremos aplicar multas, nem fechar estabelecimentos, mas a população e os empresários precisam colaborar”, complementou Marina.

Segundo a secretária de Saúde, Bragança Paulista tem 21 fiscais da Vigilância Sanitária.

FAKE NEWS

É falso o vídeo disparado nas redes sociais dizendo que a Polícia Militar aplicaria multa para motoristas que dirigissem máscaras. Segundo apurado pelo Bragança-Jornal junto a Polícia Militar, não há punição prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que condiciona punição pelo não uso de máscara ao dirigir.

Também não há nenhuma resolução do Contran, do Denatran ou do Detran nesse sentido. O decreto emitido pelo governo do estado é claro ao afirmar que a multa será para pessoas que circularem em espaços públicos ou em estabelecimentos comerciais.

Conversas no Facebook