Coronavírus

Município tem mais duas mortes suspeitas por Coronavírus na semana

publicado em 5 de junho de 2020 - Por BJD

Dois homens, de 58 e 59 anos, morreram na última terça-feira, 2 de junho, com suspeita de Covid-19 em Bragança. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde, na manhã de quarta-feira, 3.

Segundo a pasta, o paciente de 59 anos estava internado em leito de enfermaria e o de 58 anos morreu na própria residência. Além destes dois, outro óbito está em investigação, o de um homem de 88 anos, que estava internado em leito de enfermaria.

Amostras para exames foram enviadas ao Instituto Adolf Lutz, em São Paulo e até o fechamento desta edição não houve retorno do resultado. O município tem até o momento 12 óbitos confirmados por Covid-19: duas pessoas de 30 a 39 anos; duas entre 40 e 59 anos; e oito entre 60 e 79 anos.

24 PESSOAS INTERNADAS

Na manhã desta sexta-feira, 5, a secretária municipal de Saúde, Marina Fátima de Oliveira atualizou os dados de internações por Covid-19 no município: 24 pessoas estão internadas (entre suspeitos e confirmados), sendo 4 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 20 em enfermarias, sendo 16 na Santa Casa, 2 no Hospital Universitário São Francisco e 2 no Hospital Bragantino.

Segundo Marina, a taxa de ocupação de leitos por Covid-19 no município é de 25%, incluindo enfermaria e UTI.

3 MESES DO PRIMEIRO REGISTRO

Na última quarta-feira, 3 de junho, completou 90 dias do primeiro caso registrado no município. Nesse período, o município relatou ao Ministério da Saúde 545 notificações, das quais 250 se confirmaram e 243 foram descartadas. Atualmente, 52 casos suspeitos aguardam exames.

JARDIM ÁGUAS CLARAS TEM 17 CASOS CONFIRMADOS

O Jardim Águas Claras, localizado na zona norte do município, continua sendo o bairro com maior número de casos confirmados de Coronavírus em Bragança Paulista, com 17.

Nesta semana a secretária municipal de saúde Marina Fátima de Oliveira, fez um alerta aos moradores do bairro. “Vocês precisam ficar atentos, usar máscaras e ficar em casa quem puder. Estamos recebendo reclamações que as ruas do bairro estão cheias de pessoas e olha o resultado.

Vocês têm que se conscientizar que a Covid-19 pode levar a óbito. Essa mobilização pelo distanciamento social, que pessoas com 60 anos ou mais, pessoas com comorbidades e crianças menores de 12 anos fiquem em casa, é para que tenhamos menos letalidade e menos casos de pessoas que precisem de leitos de enfermaria e UTI”, afirmou Marina.

Dos 17 casos confirmados no bairro, 7 estão em isolamento, 9 já se recuperaram e um foi a óbito. Na região do Jardim Águas Claras, os bairros Henedina Cortez e Vem Viver têm um caso cada.

MÃE DO EX-PREFEITO FERNÃO MORRE DE COVID-19

A mãe do ex-prefeito Fernão Dias da Silva Leme e do delegado aposentado João Valle da Silva Leme, dona Maria Elmira Costa Leme, 89 anos, faleceu na segunda-feira, 1º de junho, em São Paulo, após contrair o novo Coronavírus.
Segundo Fernão, que conversou com a reportagem na terça-feira, 2, ela estava numa casa de recuperação em São Paulo e há poucos dias fez exames que constataram Covid-19. Ela foi sepultada em Joanópolis no dia 1º.

Conversas no Facebook