Coronavírus

Hospital de Campanha entrará em funcionamento na segunda-feira

publicado em 18 de abril de 2020 - Por BJD
Hospital de Campanha ficará dentro da Santa Casa, na antiga hemodiálise (AEC)

O hospital de campanha exclusivo para atendimento de pacientes com Coronavírus que está sendo montado em Bragança Paulista, entrará em funcionamento a partir da próxima segunda-feira, 20 de abril.

A unidade de saúde pública, localizada no antigo setor de diálise da Santa Casa, contará com 30 leitos.
O deputado estadual Edmir Chedid visitou as instalações do hospital de campanha na última quarta-feira, 15 de abril. A estrutura, criada a partir de parceria firmada com a Santa Casa de Misericórdia, terá acesso pela Rua Dr. Cândido Rodrigues. “Aqui não será um local de portas abertas.

Vamos atender, por exemplo, dentro da UPA Bom Jesus ou em uma unidade de saúde e, precisando da internação, o paciente será encaminhado de ambulância até o Hospital de Campanha”, afirmou a secretária de Saúde, Marina Fátima de Oliveira, que acompanhou a visita.

O hospital contará com uma equipe composta por profissionais especializados, como médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e psicólogos, além de nutricionistas e assistentes sociais caso seja constada a demanda no hospital. “A prefeitura optou pela parceria em vez de gastar com o aluguel de imóveis”, disse Edmir Chedid.

Os profissionais especializados decidirão qual o encaminhamento adequado ao paciente. “Na prática, o paciente poderá ficar num dos 30 leitos do hospital de campanha e, nos casos mais graves e urgentes, poderá seguir para um dos 50 leitos já disponibilizados pela Santa Casa de Misericórdia, inclusive com UTI”, completou o parlamentar.
Durante visita às instalações do hospital de campanha, Edmir Chedid reafirmou que a pandemia exige muitas internações, que devem saturar o sistema de saúde.

O hospital de campanha, segundo ele, contribuirá para desafogar a demanda por leitos aos pacientes com a Covid-19 de baixa complexidade. “São os que devem permanecer internados, mas sem todos os cuidados de UTI”, comentou.

“A expectativa é de que nada disso seja utilizado. Mas a Prefeitura de Bragança Paulista, por determinação do prefeito Jesus Chedid, tem se empenhado em garantir o tratamento dos pacientes que se infectarem com a Covid-19. Por isso, nunca é demais lembrar as orientações para que todos continuem em casa para evitar o contágio da doença”, concluiu Edmir.

Bragança continua em tratativas com o Governo do Estado de São Paulo para a aquisição dos leitos do Hospital Bragantino. São 50 leitos, sendo 10 de UTI e 40 de enfermaria. A visita foi acompanhada pelos diretores da Santa Casa, a superintendente Administrativa, Marta Michelan Santoro; o diretor-técnico, Filadelfo Gandara Martins Neto; o superintendente Operacional, Eduardo Silva; e o diretor-executivo do Complexo Hospitalar Santa Casa, Francisco Carlos dos Santos.