Coronavírus

Governo de SP mantém previsão de retorno das aulas para o dia 8 de setembro

publicado em 20 de julho de 2020 - Por BJD
Arquivo: Braganca Jornal

O Governo do Estado de São Paulo confirmou na última sexta-feira, 17, que a previsão para o retorno das aulas presenciais segue mantida para o dia 8 de setembro.

A retomada, entretanto, está condicionada se todas as regiões do estado permanecerem na etapa amarela do Plano São Paulo – a terceira menos restritiva segundo critérios de capacidade hospitalar e progressão da pandemia – por 28 dias consecutivos.

“Muito mais importante que a data é termos as condições obrigatórias sendo cumpridas. Ou seja, só voltaremos em 8 de setembro se as condicionalidades determinadas pelo Centro de Contingências forem cumpridas”, afirmou Rossieli Soares, secretário de Educação. “Só voltaremos com a área da saúde falando que é possível retornar dadas as condições que teremos lá na frente. Nossos protocolos estão mantidos”, completou.

Um deles, por exemplo, é não permitir que as pessoas que compõem o grupo de risco retomem as atividades presencias, sejam funcionários ou alunos. Segundo Rossieli, nos dias 24 de julho e 7 de agosto haverá novos boletins epidemiológicos que vão nortear a decisão da retomada em setembro.

Conversas no Facebook