Coronavírus

Empresários dos transportes estão preocupados

publicado em 27 de março de 2020 - Por BJD
Divulgação

Ainda não há nenhuma ameaça real de paralisação dos caminhoneiros, mas empresários do setor de transportes estão preocupados.

Algumas das reclamações dos empresários é que os caminhoneiros estão com dificuldades para se alimentar, ou mesmo para obter serviços básicos, como borracharias, diante das medidas restritivas para combater o Covid-19.

Com a produção em baixa, caminhões que levam carga para outros estados na maioria das vezes voltam vazios, e encarecem o frete.

Na tentativa de minimizar o problema, nesta sexta-feira, 27, uma portaria publicada pelo Ministério da Agricultura considera postos de combustíveis e restaurantes em estradas como estruturas essenciais para permitir o transporte de alimentos e insumos agrícolas em tempos de coronavírus.

Lojas de conveniência, locais para pouso e higiene, com infraestrutura mínima para caminhoneiros e para o tráfego de caminhões ao longo de estradas e rodovias de todo o país também foram considerados serviços essenciais.