Coronavírus

Em seis dias, Bragança confirma 22 óbitos em decorrência da Covid-19

publicado em 2 de abril de 2021 - Por BJD

De sábado, 27 de março, a quinta-feira, 1º de abril, Bragança Paulista confirmou 22 óbitos por Covid-19. São eles: 7 pacientes do sexo feminino, com idades entre 45 e 91 anos; e 15 pacientes do sexto masculino, com idades entre 41 e 86 anos.

Houve ainda a confirmação de 11 óbitos que aguardavam exame, e o registro de quatro óbitos suspeitos. Assim, a cidade soma 276 óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia.

Todos os leitos disponíveis para tratamento da doença estão ocupados. Ao todo são 98, sendo 47 de UTI e 51 de Enfermaria. Além disso, até o boletim desta quinta-feira, 29 pacientes SUS estavam internados fora da Região Bragantina e 15 aguardavam vagas, sendo 14 para UTI e 1 para Enfermaria.

No mesmo período, de sábado a quinta, foram registrados 1.531 novos casos suspeitos da doença. Dos que aguardavam exames, 836 foram confirmados, 710 descartados e 459 ainda continuam em análise. Dessa maneira, a cidade soma, desde o início da pandemia, 26.166 casos notificados ao Ministério da Saúde, com 12.912 testes negativos e 12.795 positivos.

DISK AGLOMERAÇÃO

Mais um canal para denúncias foi aberto no município. O objetivo é facilitar denúncias sobre festas clandestinas, aglomerações e quaisquer atividades que venham a reunir um número considerável de pessoas num mesmo local. Além dos telefones 153 da GCM e 190 da Polícia Militar, é possível denunciar por meio do WhatsApp pelo número (11) 4603-1880 e encaminhar a localização dos locais com irregularidades.

TROTES ATRAPALHAM FISCALIZAÇÃO

A Prefeitura informou que a Vigilância Sanitária (VISA) recebeu mais de 50 denúncias falsas de aglomerações no último fim de semana. Esse tipo de “trote” atrapalha as demandas das equipes, que são deslocados aos lugares desnecessariamente.

O Código Penal pune quem passar trote sobre crime ou contravenção com detenção de 1 a 6 meses ou multa.

MAIS RESPIRADORES

A fim de prevenir casos de Síndrome de Desconforto Respiratório Agudo (SDRA), a Prefeitura adquiriu mais 2 respiradores para pacientes bragantinos com Covid internados na UPA Vila Davi.

A unidade agora conta com 6 respiradores para tratar casos graves da doença. O investimento nos 2 aparelhos foi de R$ 94.866,50.

Conversas no Facebook