Coronavírus

Decreto prorroga quarentena no estado de SP até 16 de dezembro

publicado em 20 de novembro de 2020 - Por BJD
A quarentena para evitar a propagação da Covid-19 começou no dia 24 de março em todo o estado de São Paulo e desde então vem sendo prorrogada (Pixabay)

O Governo de São Paulo, por meio do decreto 65.295, publicado no Diário Oficial na última terça-feira, 17 de novembro, prorrogou a quarentena no estado até 16 de dezembro, assim como vem fazendo desde o início da pandemia do novo coronavírus.

O funcionamento de comércios e serviços continuará seguindo o determinado pelo Plano São Paulo (Decreto 64.994), com classificação sem alteração até 30 de novembro, mantendo as regiões do estado nas fases amarela ou verde.

PLANO SP

O Plano São Paulo norteia a retomada consciente da economia e do cotidiano da população, com a premissa da segurança, prevenção, e garantia da assistência, aliada ao incentivo à manutenção das atitudes essenciais como higienização das mãos, ambientes, além da obrigatoriedade do uso de máscara e, sobretudo, do fortalecimento da rede hospitalar.

A última atualização foi feita em 24 de outubro, quando a região de Campinas, a qual Bragança faz parte, avançou para a Fase Verde. A nova atualização do Plano SP deveria ter sido realizada na última segunda-feira, 16 de novembro, o que não ocorreu.

Segundo o Governo do Estado, o adiamento da nova atualização para o dia 30 de novembro foi necessária em razão de instabilidade nos dados sobre óbitos e casos graves de coronavírus, provocada por falhas no sistema SIVEP do Governo Federal.

Até o momento, nenhuma região está nas fases mais críticas do Plano SP (vermelha e laranja). Das 22 regiões em que o estado foi dividido, 11 estão na Fase Amarela e 11 na Fase Verde.

SEGUNDA ONDA

Enquanto o estado de São Paulo adia a atualização do plano de retomada econômica, Minas Gerais já começa a apontar para uma regressão no que tange ao controle do novo coronavírus. Segundo informações do G1, Governador Valadares e mais 50 cidades da região deverão voltar para a onda vermelha do programa Minas Consciente a partir deste sábado, 21. A onda vermelha em MG é parecida com a fase de mesma cor definida por SP, sendo considerada a mais restritiva do programa. Ela permite somente o funcionamento dos serviços considerados essenciais.

Conversas no Facebook