Coronavírus

Cidade tem 11 óbitos por Covid-19 em cinco dias

publicado em 7 de abril de 2021 - Por BJD
Taxa de isolamento do município está em 41% (Bragança-Jornal)

De sexta-feira, 2, a terça-feira, 6, Bragança Paulista confirmou 11 óbitos por Covid-19. São eles: quatro pacientes do sexo feminino, com idades entre 52 e 74 anos; e sete pacientes do sexo masculino, com idades entre 34 e 69 anos.

Houve ainda o registro de 13 óbitos suspeitos. Assim, a cidade soma 288 óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia.

Todos os leitos disponíveis para tratamento da doença estão ocupados. Ao todo são 98, sendo 47 de UTI e 51 de Enfermaria. Além disso, até o boletim desta terça-feira, 6, pacientes SUS estavam internados fora da Região Bragantina e 17 aguardavam vagas, sendo seis para UTI e 11 para Enfermaria.

No mesmo período, sexta-feira a terça-feira, foram registrados 1.117 novos casos suspeitos da doença. Dos que aguardavam exames, 727 foram confirmados, 382 descartados e outros 467 estão em análise. Dessa maneira, a cidade soma, desde o início da pandemia, 27.283 casos notificados ao Ministério da Saúde, com 13.294 testes negativos e 13.522 positivos.

VACINAÇÃO PARA PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PÚBLICA

Agentes das Forças de Segurança Pública começaram a ser imunizados na segunda-feira, 5. Em Bragança Paulista, a vacinação ocorre para os agentes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiro, Polícia Ambiental, Polícia Rodoviária, Polícia Rodoviária Federal e todos da Guarda Civil Municipal.

A campanha de vacinação ocorre no sistema Drive-Thru, dentro do 34º Batalhão da Polícia Militar, com o apoio das Escolas Nova Biotec e Madre Paulina. De acordo com a Major PM Viviane, 1.500 profissionais ativos nos serviços receberão a 1ª dose do imunizante.

FISCALIZAÇÃO INTENSIFICADA

A Prefeitura pede que a população colabore com as ações de fiscalização para coibir aglomerações, festas clandestinas e estabelecimentos irregulares. O município dispõe de Decreto Municipal nº 3.518/2021 e o descumprimento das medidas acarretará na responsabilização dos infratores, nos termos previstos nos artigos 268 e 330 do Código Penal.

Para colaborar, o cidadão pode fazer a denúncia pelos telefones 153, da Guarda Civil Municipal (GCM) e 190 da Polícia Militar, ou por meio do canal de denúncias da Prefeitura, o “Disk Aglomeração”, que funciona todos os dias, com atendimento 24 horas.

Através do número (11) 4603-1880, o munícipe pode entrar em contato pelo WhatsApp e delatar irregularidades, encaminhando a localização, agilizando a chegada das equipes nos locais apontados.

Conversas no Facebook