Coronavírus

Acesso ao município exige passagem por barreiras sanitárias

publicado em 26 de março de 2021 - Por BJD
Caso alguma pessoa apresente temperatura superior a 37,8 ºC, ela será recomendada a se dirigir à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Vila Davi (Secom)

Até 4 de abril, profissionais irão aferir temperatura de condutores e passageiros, além da desinfecção de todos os veículos

Com o objetivo de reforçar as ações de combate à proliferação do Coronavírus no município, desde quinta-feira, 25 de março, até 4 de abril, Bragança Paulista conta com barreiras sanitárias no horário das 08h00 às 22h00 nos principais acessos à cidade – Rodovia Farmacêutico Francisco Toledo de Leme, no trecho próximo ao posto do SAMU; na Variante do Lago do Taboão; na rotatória entre a Rodovia Fernão Dias e a Rodovia Padre Aldo Bolini, que dá acesso a Piracaia; na Rodovia Alkindar Monteiro Junqueira, próximo ao Bragança Garden Shopping; e na Rodovia João Hermenegildo de Oliveira, a Variante do Guaripocaba.

Todos os veículos com placas de outras localidades e “Mercosul”, serão abordados e seus condutores e passageiros terão a temperatura aferida. Caso alguma pessoa apresente temperatura superior a 37,8 ºC, ela será ‘convidada’ a se dirigir à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Vila Davi, sob escolta da GCM, para avaliação médica.

Em caso de recusa, será recomendado seu retorno imediato à cidade de origem. O Comitê de enfrentamento à pandemia considera essa ação necessária, pois Bragança Paulista recebe milhares de visitantes nos feriados prolongados, além de ser um dos principais acessos ao Circuito das Águas e demais municípios com atrativos turísticos.

Conversas no Facebook