Colunistas

Suíte “Quebra-Nozes P. Tchaikovski (1840-1893)

publicado em 28 de dezembro de 2018 - Por Odila Baisi

A suíte “Quebra-Nozes” é baseada num dos contos de Hoffman de Offenbach. A suíte de concerto, que compreendia menos de um quarto da partitura do balé original, foi apresentada nove meses antes da estreia do balé. O tema não chamou a atenção imediata de Tchaikovski, mas na medida em que começou a trabalhar a peça seu entusiasmo foi aumentando.

A suíte do balé estreou no Teatro Marynski de São Petersburgo em dezembro de 1892 e foi acolhida com frieza, ao contrário da versão orquestrada, recebida com tanto entusiasmo que quase todos os movimentos tiveram que ser repetidos. Na Europa, o balé passou despercebido; foi executado pela primeira vez em Londres, em 1934. O balé foi ganhando popularidade com o tempo e hoje é uma das formas preferidas ao redor do mundo de se celebrar o Natal.

Piotr Illich Tchaikovski nasceu na Rússia, seus primeiros anos foram bastante comuns e era uma criança feliz, mas sua personalidade indecisa e introvertida dificultou suas relações familiares. Aos 8 anos foi enviado ao colégio interno e viu-se obrigado a separar-se de sua mãe, fato que desencadeou uma vida emocionalmente instável.

Ele encontrou consolo na música tomando aulas de piano na infância e demonstrou rapidamente sua aptidão.  Depois continuou seus estudos no Conservatório de São Petersburgo. Seu primeiro concerto em público foi com suas próprias composições. Ganhou reputação como compositor e algumas de suas obras eram entusiasticamente aclamadas.

Esta coluna retorna em fevereiro de 2019. Um feliz e próspero Ano Novo a todos.