Colunistas

Raposão e o “Cretino”

publicado em 7 de julho de 2020 - Por João Raposo

Raposão hoje está “educado”, porque, na verdade, ao invés de usar o termo “cretino”, deveria sim usar um termo muito mais forte, um palavrão mesmo!

Estou me referindo ao “cretino” que pichou as paredes do Lourenção, que acabou de ser reformado e entregue à população.

Não me  entra na cabeça o porque de uma pessoa fazer uma coisa dessas!? O que pensa da vida para fazer isso? Qual o intuito de pichar? Enfim, é um cretino mesmo!

FALANDO EM CRETINO…

…a preocupação de Raposão é o recém-inaugurado Colégio São Luiz, uma obra que também acabou de ser entregue à população bragantina e que ficou absolutamente maravilhosa. Espero que não apareça nenhum cretino para pichar o local. Como o cretino que pichou o Lourenção ainda não foi pego, melhor a Guarda Municipal ficar alerta.

SÃO FRANCISCO

Independente de política, vou “falar” o que eu, Raposão, vi nessas últimas décadas sobre a transposição do Rio São Francisco: era uma obra que não acabava, nunca! Sempre tinha uma parada e um aditamento de contrato, depois outro aditamento, e outro, e outro, e a obra se arrastando. Para o espanto de todos, Bolsonaro entregou a primeira fase dessa obra, tão importante a todo nordeste brasileiro, em apenas um ano e meio de governo. Enfim, todos sabem o que ocorria nessa obra.

BREVE EXEMPLO

Só para explicar melhor essa tal obra de transposição do São Francisco, pense da seguinte maneira: você contrata um pedreiro, combinando um prazo e um orçamento. Ele não termina a obra, mas indica um substituto. Com o prazo estourado em mais de 6 anos e o orçamento ultrapassado em mais do que o triplo, você chama outro pedreiro, que conserta os erros dos anteriores e termina a obra em um ano e meio. Pois bem: alguém, em sã consciência, quando o projeto acabar, vai agradecer o primeiro pedreiro?

ASSALTO À CAIXA

Toda a sociedade aguarda, com muita ansiedade, uma resposta das nossas polícias sobre a terrível tentativa de assalto à Caixa Econômica Federal ocorrida há algumas semanas.

Tenho certeza que, pela forma intimidadora que foi, é uma questão de honra localizar esse grupo criminoso, e se conheço nossas forças de segurança, logo teremos novidades a respeito.

Aguardemos…

CNH

Finalmente o novo projeto que, entre outras coisas, aumenta a pontuação e a validade da CNH, foi para o Congresso e deve ser votado nos próximos dias.

Promessa antiga de campanha de Bolsonaro, estava encontrando resistência, mas agora chegaram em um texto de concordância de todos. Tal projeto vem muito a calhar, afinal todos nós sabemos a indústria de multas que existe no Brasil, aliás incrementada recentemente aqui mesmo em Bragança com a redução do limite velocidade de 60 km/h para 50 km/h, com o argumento que o “mundo todo” esta reduzindo a velocidade das vias para dar maior segurança.
Anota aí: eu ando “por aí” e sei que isso é mentira. A verdade é que 50 km/h triplica as chances de arrecadar com multas. Vamos pular esta parte triste e revoltante e falar do projeto da CNH. Tomara que seja logo votado. Aguardemos a aprovação pelo Congresso!

UMA BOA SEMANA A TODOS…

…lembrando que terça-feira que vem tem mais (se Deus consentir). Raposão aceita dicas, opiniões, críticas e também elogios (desde já, agradeço!), que podem ser feitos via telefone (11) 9-8353-5626 (TIM) (obs: digite o número “9” mais a palavra “TELEJOAO” “no teclado do tel” que dá esse número! Bem fácil de guardar, não!?), pelo WhatsApp (11) 9-9903-4555 (VIVO) ou pelas redes sociais Facebook (Raposão João Raposo Advogados Associados) e Instagram (joao_raposo João Raposo Advocacia – Raposão). Acompanhe também Raposão no site do BJD (www.bjd.com.br).

– O advogado João José Raposo de Medeiros Júnior é colaborador do BJD desde 1982.