Colunistas

Nunca durma com raiva

publicado em 18 de maio de 2019 - Por Marilene Glaber

Alguém me disse: “Nunca durma com raiva. Assim, você pode se vingar depois”.

Se eu pensar nisso, vou rir muito. Em primeiro lugar porque nem sei o que é raiva.

Em segundo, raiva é doença de cachorro.

E em terceiro,v  ingança pra mim é coisa que eu desconheço. A não ser como um samba canção muito antigo.

Todas as noites, durmo com as minhas cachorrinhas no meu quarto.

Elas têm as caminhas delas.

Uma se chama Nina, outra se chama Mel.

A Nina arruma a caminha do modo que ela gosta. Quando a vasilha está sem água, ela pega e leva pra gente ver.

Se o telefone toca muito tempo, ela late como que perguntando: ” Ninguém vai atender?”

Meus filhos já são adultos e meus netos também.

Nossas companheirinhas são as de pêlo.

Sou apaixonada por essas lindas criaturinhas. Elas me completam.

Se a Nina não entra logo, a Mel a puxa pela orelha.

Nina, Mel: vocês são as minhas bonequinhas de pêlo.

Não durmo sem vocês!


Secured By miniOrange