Colunistas

Números para vereador

publicado em 20 de novembro de 2020 - Por Marcus Valle

Nas eleições em Bragança, para vereador, votaram 79.900 eleitores. O quociente eleitoral foi de 4.206 votos.
Por partido a votação foi: DEM 17.140 votos (05 eleitos), Republicanos 6.381 (02 eleitos), PTB 6.280 (02 eleitos), MDB 6.190 (02 eleitos), Patriota 6.031 (01 eleito), PSD 5.440 (01 eleito), PL 4.902 (01 eleito), PSC 4.127 (01 eleito, na sobra), Podemos 3.468 (01 eleito, na sobra) PV 3.446 (01 eleito, na sobra), PSDB 3.440 (01 eleito, na sobra), PSB 2.915 (01 eleito, na sobra). Os outros partidos: PDT 2.793, PSL 2.267, PTC 1.944, PSOL 1.761, PT.818, Cidadania 587 (não elegeram vereadores).

2- Vereadores não reeleitos

Nas eleições municipais tivemos várias surpresas em relação a vereadores não eleitos, e que eram favoritos nos prognósticos antes do pleito.

Claudio Moreno, João Carlos Carvalho e Mario B. Silva, eram tidos como certos por especialistas e até pesquisas, mas, surpreendentemente, não se elegeram.

Já, Marcus Valle, Moufid, Sidnei Guedes, Claudio Duarte, tinham chances, mas com concorrentes fortes em seus partidos, não conseguiram.

Ditinho Bueno, sofreu enorme desgaste devido a um problema anterior e já se previa que não se reelegeria.

3- Problema crônico

Bastou uma forte chuva na terça-feira para se inundar vários locais, em especial o trecho da Avenida José Gomes da Rocha Leal.

4- COVID: Tome cuidado

Tive COVID. Embora sem ser hospitalizado, posso afirmar que é uma enfermidade perigosa, que enfraquece muito, e gera enormes preocupações.

Tive febre, comprometimento de 25% do pulmão, dores de cabeça, dores musculares leves, mas não tive falta de ar e nem maiores complicações. Mesmo depois, ficam alguns efeitos, cansaço etc. Causou também alterações no humor, apatia e muita preocupação. Ficamos em casa por 20 dias, tomando medicamentos.

Agradeço muito ao excelente médico Dr. Antônio Ricardo pelo seu atendimento.

5- Biblioteca

Continuo insistindo que a Biblioteca Municipal está sendo instalada em local pequeno, inadequado e pouco ventilado no novo Centro Cultural.

É um absurdo se isso acontecer. Deveriam criar uma nova biblioteca na Zona Norte, e melhorar a atual. Aliás, ela deveria receber mais verbas para adquirir acervo e publicações, ao invés de ser escondida no prédio.

6- Muitas obras em 2020

Realmente a prefeitura pavimentou muitas e muitas ruas no último ano dessa administração.

Isso foi muito notado pelos eleitores, e influiu de forma evidente na reeleição incontestável (com 65% dos votos) do atual prefeito. Muitas obras, muitos elogios.

No entanto, tivemos alguns casos de ruas que haviam sido recapeadas e ou recebido tapa buracos há pouco tempo, e semanas depois foram asfaltadas. Isso está errado, por razões óbvias.

7- Cuidado com o radar

Na Av. Norte Sul, bem próximo a uma clínica veterinária, sentido Taboão, instalaram um radar com velocidade máxima de 40 km/h. Evidente interesse de arrecadação.

8- Folclore: Horário comercial

Nessas eleições, pouco antes de eu pegar COVID no final de outubro, eu fui andar de bicicleta na ciclofaixa da Imigrantes, fotografei e publiquei no facebook. Eram 16h00 quando fiz a postagem.

Dois minutos depois, recebi um telefonema do meu amigo engenheiro Luis Roberto de Camargo (Chacrinha), que me ajudava na campanha, e ele disse: – Marcus, não publica esse tipo de coisa, que eu pedi voto pra todo mundo aqui na obra, e um trabalhador me questionou dizendo “que meu candidato não trabalhava, pois andava de bicicleta em horário comercial”.

Eu comecei a explicar que era uma foto pra campanha, mas ele me interrompeu, e disse:
– Mas eu respondi na hora pro cara. Falei: o que você está olhando o Facebook na hora da obra? Não trabalha? Vagabundo!