Colunistas

Minha postura

publicado em 15 de dezembro de 2018 - Por Marilene Glaber

Minha postura está desengonçada

Não sei firmar o pé, nem sei mesmo quem sou

Só tenho uma grande certeza

Sou senhora de muitas lembranças

Sou idosa, sou mulher.

Algumas poucas vezes, choro

Outras vezes, eu gargalho

Com coisas engraçadas

Que me tiram do sério

E que me deixam mais feliz.

Ando em linha quase reta

Mas isso nunca me afeta

Porque se acaso tropeço

Em pedras ou em buracos

Eu logo me recomponho

E volto a me equilibrar.

Eu tenho muita alegria

E escrevo prosa e poesia

Que saem da minha cabeça

E também do meu coração.

Disso eu nunca abro mão.

E por falar em mão

Eu caminho de mãos dadas

Com a minha doce ilusão.


Secured By miniOrange