Colunistas

Marcha Triunfal de “Aída” – Giuseppe Verdi (1813-1901)

publicado em 3 de outubro de 2019 - Por Odila Baisi

Embora “Aída” tenha sido encenada em Nova York pela primeira vez em 1873, a “Marcha Triunfal” se tornou uma das principais montagens da Ópera Metropolitana, depois de estrear ali em 12 de novembro de 1886.

Desde então uma das suas cenas mais imponentes tem sido a “Marcha Triunfal”, quando as tropas egípcias retornam de sua batalha vitoriosa contra os etíopes.

Para ela, Verdi escreveu uma melodia régia, mas vigorosa, e sumamente marcial. Durante muitos anos, uma certa égua branca chamada Anna teve presença destacada nesse desfile.

Por fim, em 1936, aos 36 anos de idade, Anna foi aposentada, e a Ópera Metropolitana, normalmente muito sóbria, ofereceu-lhe uma festa em que outros 14 cavalos e uma mula (provavelmente todos participantes da” Marcha Triunfal” de Aída) foram seus convidados.