Colunistas

João Gilberto (1931-2019)

publicado em 11 de julho de 2019 - Por Odila Baisi

O cantor e compositor criador da Bossa Nova, João Gilberto, faleceu no dia 6 de julho, aos 88 anos de idade. O músico enfrentava problemas de saúde já há alguns anos. Seu corpo foi sepultado na tarde de segunda feira, 8 de julho, no Cemitério Parque da Colina, em Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, onde a família do artista tem um jazigo.

Antes de ser levado a Niterói, o corpo do cantor foi velado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro ao som de um coro de fãs em uma cerimônia aberta ao público. Sua esposa Maria do Céu e Bebel Gilberto chegaram amparadas por amigos.

Luisa Caroline, a filha mais nova do músico também esteve no velório do pai, junto com sua mãe. Às 10 horas, o velório foi aberto para a despedida dos fãs, mas a cerimônia de sepultamento ocorreu apenas para familiares e amigos.

João Gilberto, cantor e violonista brasileiro teve papel de destaque na “Bossa Nova”, pela interpretação sofisticada e inovadora de sambas, de forma intimista e com acompanhamento sincopado ao violão, bastante diferente do utilizado até então. Ganhou fama a partir da gravação do seu disco “Chega de Saudade” (1958).