Colunistas

Flores no inverno

publicado em 23 de junho de 2018 - Por Marilene Glaber

Adoro flores; fui agraciada e porque não dizer abençoada com um pé de manacá, pleno de flores rosas e brancas.
Pensei que o antigo dono da casa que plantara, mas o nosso jardineiro disse que fomos nós. Sei que o meu amigo Sergio Sadan não sai de casa nunca.

Apesar disso, convido-o para vir aqui e ter o prazer de conhecer essa formosura. Enquanto ficamos extasiados com nosso manacá, surpreendemo-nos com pais que dão nomes estranhos para seus filhos, como por exemplo Um dois três de Oliveira Quatro, Osleão, Cabrito Teves, Onice.

Meu pai contava uma piada que dizia que um homem se chamava João Cavalo. Ele foi ao cartório de registro e disse que queria trocar o nome.

Perguntaram por qual nome ele queria trocar. Por António Cavalo, disse ele.

Cada um com seu cada qual, “né mermo?”

Enfim… Melhor voltarmos às flores. Que tal? Assim dizem os gaúchos.


Secured By miniOrange