Colunistas

Expectativa

publicado em 26 de maio de 2018 - Por Marcus Valle

Eleito com 70% dos votos, o prefeito criou enorme expectativa no eleitor.

Evidentemente não está conseguindo corresponder. Se houve considerável melhora na conservação da cidade, na área social não tivemos nenhum avanço…na área cultural, agronegócios e ambiental houve regressão (não há verbas e atenção aos setores).

Mesmo sendo apoiado por grande parte da mídia, não consegue calar as redes sociais. Com um secretariado tipo legião estrangeira, tem dificuldades de atender as necessidades da população. Não exagerou nas nomeações políticas, mas trouxe secretários de outras cidades. Com limitações financeiras, tem dificuldades em fazer obras…cria factoides e anúncios, mas isso só tem eficiência temporária.

2 – Represa: nível

Represa Jaguari – Jacareí está com 45,74% de sua capacidade (dados de quarta-feira dia 23/05/2018). Nessa mesma data no ano passado estava com 71,27%. Situação pode ficar grave.

3 – Mais uma

Numa simples lei de 1999 que disciplina (não proíbe) a entrega de panfletos no município, mais uma vez a administração “bate cabeça”, mostrando total desentrosamento entre secretários do município.

Enquanto o BJD noticia informações prestadas pelo gabinete, uma contraordem e uma notícia conflitante foi publicada em outro jornal, por outro secretário (que aliás, ostenta grande influência na atual administração).
Estranha-se que o prefeito, famoso pelo pulso firme e até por concentração de poder, tenha permitido mais esse descompasso. São vários “vai e volta” (vide IPTU complementar, vetos desnecessários a projetos aprovados, projetos de trânsito de caminhões, honorários de advogados etc.).

4 – Estradas da região: não cumpriram as promessas

É evidente o descaso do governo estadual com nosso município no que se refere às estradas da região.

O pior é que além de nada ser feito, nossa população sempre foi iludida com promessas, grandes anúncios, principalmente nos anos eleitorais.

Assistimos até apresentação de projetos detalhados de obras (tinha ciclovia, passagens de nível, duplicação de trechos, trevos, passarelas etc.) na estrada Bragança – Socorro.

Igualmente, vimos vários anúncios de melhorias nas estradas Bragança – Itatiba, Bragança – Amparo, Variante do Guaripocaba e a estrada que leva a Piracaia.

5 – Problemas nas estradas

Vários acidentes graves, muitos fatais, têm ocorrido constantemente nessas rodovias, e apenas se instalam radares, delimitação exagerada de velocidade (na Bragança – Itatiba) gerando mais arrecadação que segurança.

Na Variante do Guaripocaba, não se consegue sequer resolver o problema de um cruzamento perigoso nas proximidades do Tanque do Moinho. Na Variante do Taboão há falta de iluminação e retornos perigosos ou mal localizados, além de risco a pedestres.

Nas outras estradas, muitos acidentes graves por falta de segurança (acostamentos ruins, pontos complicados de trânsito que necessitariam duplicação etc.).

6 – “O menino e o lobo” – ninguém acredita

Portanto, em que pese os esforços de se tentar reunir com membros do governo estadual, ninguém crê que Bragança terá esses problemas resolvidos nessa administração. Como disse o BJD em editorial, o ceticismo é geral.
Ninguém acredita nas promessas… tantos foram os anúncios falsos. O pior é que o governo estadual investiu muito em rodovias em outras regiões, e faz propaganda delas. São investimentos muito maiores, o que mostra o nosso desprestígio.

7 – Lago do Orfeu – iluminação

Na quarta-feira, quando ao entardecer, passeava pelo lago do Orfeu, e várias pessoas (moradores próximos e/ou frequentadores) me mostraram problemas no local. Boa parte da pista ao lado do muro, em grande extensão, está sem iluminação, isso há várias semanas. Resultado: à noite, pessoas utilizam o local para uso de drogas e sexo. Os frequentadores têm medo de passar pelo local. Outros reclamaram da falta de limpeza (varrição) e conservação do local.

8 – Folha de S. Paulo

O jornal Folha de São Paulo permite (e noticia) publicações de todas as tendências. Lá você vê artigos de Boulos, de dirigentes do MBL, de Petistas, integrantes da ultradireita, Michel Temer, FHC etc. Causa, nesse momento de radicalismo, críticas dos extremos.

É considerado um jornal comunista pelos extremistas de direita, e uma publicação direitista pelos adeptos da esquerda radical. Pela sua versatilidade, embora tenha muitos defeitos, é o melhor dos grandes jornais do país.

9 – Eleições presidenciais

Quase certeza que teremos dois turnos na eleição presidencial. Todos os candidatos querem ir ao 2º turno, e sonham com “Bolsonaro” como adversário.

Sim, pois lembram da França, quando a ultradireitista “Le Pen” foi facilmente derrotada por Macron no 2º turno (todo mundo se juntou contra a candidata extremista).

No entanto, a previsão é que teremos a disputa final entre um candidato de centro esquerda, com um de centro direita.

10– Folclore: perigo do “viva voz”

Um perigo é a chamada “viva voz” no celular. É ético, educado e prudente avisar a pessoa que ela esta nesse sistema.
Certa vez, um político local falava com um Secretário sobre o pedido de um vereador (que ouvia a conversa pelo viva voz).

O Secretário disse:
– Essa pessoa é um idiota.

O(a) criticado(a) não aguentou, tomou o telefone da mão do dono e disse:
– “Idiota é você”
Já vi casos piores na vida cotidiana.

Certa vez, um cara disse:
– A Paula chegou aqui agora.

O outro, sem saber do “viva voz”, disse:
– Nossa… você vai aguentar essa chata… tá cada dia mais feia.