Colunistas

Espera

publicado em 1 de junho de 2019 - Por Marilene Glaber

Fico imaginando o comportamento das pessoas que enfrentam filas para serem atendidas nos postos de saúde. É comer o pão que o diabo amassou.

E a fome ia continuar forte porque ninguém quer comer esse pão. Preferível uma saladinha.

Se fosse eu, preferiria mesmo; adoro salada de legumes e verduras. No SUS, nem um cafezinho. As pessoas ficam lá plantadas e nem brotam. Acabam emagrecendo e envelhecendo de tanto esperar. O jeito é ficar assistindo as novelas da Globo. Não engordam nem emagrecem; muito pelo contrário. Bom mesmo é não ter que enfrentar tudo isso, mas há tanta gente que precisa… Não tem o que fazer.

Mas, acho que tem sim. É só mudar de canal. Só que aqui em casa, a gente não muda. Mais fácil é mudar de atitude, mudar de calçada, mudar de rumo.

E as coisas continuam na mesma.

Acho que vou brincar de esconde-esconde, passa anel, telefone sem fio.

Saudades da minha infância, do tempo que eu pulava amarelinha. Ah que saudade que eu tenho.
O jeito é imitar o poeta.


Secured By miniOrange