Colunistas

Convite à Dança – Carl Maria Von Weber (1786 -1826) 

publicado em 30 de maio de 2019 - Por Odila Baisi

Carl Maria Von Weber foi um excelente pianista, graças à sua infância de menino prodígio, e uma de suas composições particularmente felizes é o “Convite à Dança” que ele escreveu em 1819 como um rondó de concerto para solo de piano. Weber incluiu na partitura um cenário simples para a peça.

Num salão elegante, um cavalheiro sem par detém-se diante de uma jovem para lhe pedir a próxima dança. Ela exita um pouco, mas se ergue graciosamente, e a dança começa. Tem um ritmo animado, com acentos enérgicos e pequenos movimentos de escala que contribuem para o efeito jovial.

O tema principal se repete vez após outra, entremeado com outras partes de natureza mais delicada; por fim, quando esse tema é ouvido pela última vez, a dança termina. Mas o cavalheiro acompanha sua dama até seu acento, com uma retomada da encantadora música romântica ouvida na introdução, e a peça se encerra com um final sereno.