Colunistas

Assassinato

publicado em 12 de maio de 2018 - Por Marilene Glaber

Marielly foi assassinada. O Brasil que ela queria era esse cujas manifestações têm sido ditas em todas as cidades desse nosso país. Entretanto, como ela era uma figura pública, acabou sendo morta.

Parece que estamos caminhando para trás, como caranguejos.

Tragédias, prédio queimado com vítimas fatais.

Saudades do  Sítio do Picapau Amarelo, de Monteiro Lobato. Era só alegria com Dona Benta, Tia Anastácia, Pedrinho, Narizinho, a boneca Emília, o Visconde de Sabugosa. Eu li todos os livros. Agora, a gente se distrai com as novelas, mas se não tomar cuidado, com todas essas matanças, de repente eles invadem a nossa casa.

Vídeo show é um programa gostoso de se ver; Sophia Abraão e Otaviano Costa mandam bem. Ana Maria Braga e o Louro José são demais.

Ah! Estava a me esquecer, como dizem os portugueses, do assassinato da língua portuguesa, assassinato da boa educação e outros quetais.

Acho que vou dar umas voltas por aí pra ver as flores, o céu azul e mandar bons fluidos para as mães do mundo todo, inclusive para as que estão em outros planos.
Vamos comigo?


Secured By miniOrange