Colunistas

A. Khachaturian (1903 – 1978) J.Sibélius (1865 – 1957)

publicado em 26 de outubro de 2018 - Por Odila Baisi

Aram Khachaturian foi um compositor russo de origem armênia, que formou parte do grupo soviético e era seguidor da escola neo-nacionalista. De sua obra muito vasta, destacam-se os concertos para piano, violino e violoncelo, mas vale salientar, especialmente seus “ballets Mascarada, Espartaco e Gayaneh”, este último estreado em 1942, teve a expressão mais popular na célebre “Dança do Sabre”.

Jean Sibélius, compositor finlandês, foi o melhor representante em música do espírito nacional de um país e é , ao mesmo tempo, um expoente do sinfonismo pós-romântico. Conta com sete sinfonias e vários poemas sinfônicos, alguns muito populares, como “Finlândia”, assim como diversos concertos e óperas. De sua obra, é muito conhecida a “Valsa Triste”, cuja primeira versão, para orquestra de câmara, estava destinada a servir de fundo musical à obra “Morte de Jämefelt” e que em 1904 foi estreada em versão para grande orquestra