Colunistas

250 anos do nascimento de L. Van Beethoven -(1770-1827)

publicado em 17 de dezembro de 2020 - Por Odila Baisi

Hoje, 17 de dezembro,  completa-se 250 anos de nascimento do grande compositor  das Sinfonias e Sonatas: Ludwig Van Beethoven.

Nascido na Alemanha, não foi  menino prodígio, mas revelou cedo seu talento para fazer música. Sua vida começou verdadeiramente em 1792, quando se mudou para Viena e conquistou fama como brilhante improvisador no piano. As primeiras composições publicadas foram recebidas com certo mal- estar pelos conservadores; mas obtiveram um sucesso junto ao público. Foram anos de vida feliz e despreocupada no ambiente da aristocracia austríaca, entusiasmada pela música.

Glória eterna aos príncipes e condes Lichnowsky, Lobkowitz, Schwarzenberg e Waldstein, mecenas generosos apesar de tudo: toleravam o comportamento rude do gênio, que os ofendia  com observações francamente subversivas, apaixonando-se, ao mesmo tempo, por moças aristocráticas, sonhando com casamento impossível com uma dessas condessas que  não se sabe o nome; “amada imortal” da qual Beethoven  cita em uma carta não datada e sem endereço; talvez fosse aquela à qual foi dedicada a “Sonata ao Luar”.

As obras de Beethoven são muito conhecidas, como, por exemplo, a “Sinfonia nº 9 “ que contém a melodia da “Ode à Alegria”, que é apresentada em sua forma completa por diversas vozes, culminando numa alegre explosão sonora. Nossas homenagens ao compositor Ludwig Van Beethoven, um dos maiores compositores da História da Música.