Bragantino

Pênalti nos acréscimos impede vitória do Bragantino

publicado em 13 de janeiro de 2021 - Por Silvio Loredo
RICARDO RYLLER COMEMORA O GOL MARCADO CONTRA O ATLÉTICO-MG, O PRIMEIRO DO BRAGA NA PARTIDA (ARI FERREIRA/RED BULL BRAGANTINO)

Tudo caminhava para mais uma vitória do Bragantino no Brasileirão, até que, nos acréscimos da etapa final, o Atlético-MG teve confirmada, através do VAR, uma penalidade máxima a seu favor.

Mesmo com muitas contestações, o árbitro, que inicialmente viu o lance como normal, voltou atrás em sua decisão e optou pela marcação da falta penal.

Com o gol assinalado por Hyoran, aos 54 min, a partida terminou empatada em 2 a 2.

O Bragantino não repetiu o mesmo futebol vistoso e intenso da vitória contra o São Paulo, mas teve um desempenho tático com muita aplicação. Ricardo Ryller abriu o marcador aos 46 min da primeira etapa, ao desviar com um leve toque uma bola cruzada por Helinho.

No início da etapa final o Atlético pressionou bastante e chegou ao empate com Savarino, aos 9 min. O gol desconcentrou por alguns minutos o time do Bragantino, que aos poucos voltou a equilibrar as ações, até chegar ao segundo gol, aos 21 min, com Edimar escorando de cabeça bola levantada em cobrança de escanteio.

Quando tudo caminhava para o final, no último lance da partida, o VAR viu pênalti de Eric Ramires em Guilherme Arana.

DOMINGO CONTRA O CEARÁ

A próxima partida do Massa Bruta será no domingo, 20h30, na Arena Castelão, em Fortaleza-CE, contra o Ceará. Aderlan e Artur podem retornar à equipe, enquanto Ligger e Cuello, suspensos, ficam de fora. Uillian Correia e Alerrandro testaram positivo para o Covid-19 e estão em isolamento, afastados dos demais companheiros e dos treinos. SL

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE A
RODADA 29 – 10ª DO RETURNO
BRAGANTINO 2 x 2 ATLÉTICO-MG

GOLS: Ricardo Ryller (46’/1°); Savarino (9’/2°), Edimar (21’/2°) e Hyoran (54’/2°).

BRAGANTINO – Cleiton; Weverton (Ligger 33’/2°), Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar; Raul e Ricardo Ryller (Eric Ramires 18’/2º); Helinho (Bruno Tubarão 12’/2º) e Cuello (Morato 33’/2º); Ytalo (Chrigor 18’/2º) e Claudinho. Técnico: Maurício Barbieri.

ATLÉTICO-MG – Everson; Guga, Réver, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Alan (Nathan 39’/2°), Alan Franco (Jair 11’/2°) e Hyoran; Savarino, Vargas (Sasha 31’/2°) e Keno. Técnico: Jorge Sampaoli

ÁRBITRO: Caio Max Augusto Vieira (RN).
ASSISTENTES: Alessandro Álvaro Rocha de Mattos (FIFA BA) e Jean Márcio dos Santos (RN).
CARTÕES AMARELOS: Cuello (3°), Fabrício Bruno, Ligger (3°) e Claudinho (BRA); Jorge Sampaoli (ATL).

LOCAL: Estádio Nabi Abi Chedid, na segunda-feira (11/01), 20 horas.

RESULTADOS DA RODADA

BRASILEIRÃO 2020 – RODADA 29

Coritiba 0 x 0 Athlético-PR
Sport 0 x 1 Palmeiras
Fortaleza 0 x 0 Grêmio
Flamengo 0 x 2 Ceará
São Paulo 0 x 1 Santos
Atlético-G0 1 x 1 Bahia
Inter-RS 1 x 0 Goiás
Vasco 3 x 0 Botafogo
BRAGANTINO 2 x 2 Atlético-MG

Conversas no Facebook