Bragantino

Massa Bruta vence o São Paulo e assume a liderança geral do Paulistão

publicado em 24 de julho de 2020 - Por Silvio Loredo
MATHEUS JESUS MARCOU O PRIMEIRO GOL DO TIME NA VITÓRIA CONTRA O SÃO PAULO (ARI FERREIRA/RB BRAGANTINO)

São Paulo e Red Bull Bragantino fizeram o melhor jogo da rodada na retomada do Paulistão 2020. Melhor ainda para o Massa Bruta que venceu, de virada, por 3 a 2, consolidando-se na primeira colocação do seu grupo e assumindo a liderança geral da competição.

Desde os primeiros minutos o Bragantino se impôs e mostrou que não iria se intimidar, mesmo atuando na casa do adversário. Com uma marcação alta e pressionando a saída de bola defensiva, o São Paulo encontrou dificuldades.
No entanto, foi o Tricolor que abriu o marcador, com Pablo, de cabeça, aos 6 min. O jogo continuou em ritmo forte e não demorou para o Massa Bruta empatar. Matheus Jesus acertou um chute rasteiro, aos 13′, sem chances para Tiago Volpi.

Em jogada individual, Morato colocou o Braga na frente, aos 35′. O São Paulo empatou aos 38′, novamente com Pablo, desta vez chutando de fora da área.

No início da etapa final o Braga não mostrou o mesmo ímpeto e acabou envolvido pelo adversário, apesar de Júlio César ser pouco exigido.

O jogo ficou aberto e o golpe final só poderia vir dos pés de Artur, melhor jogador em campo. Depois de uma bela arrancada, ele tabelou com Vitinho e, de perna esquerda, na entrada da área, mandou a bola no ângulo do gol defendido por Volpi.

Ao final da partida, o técnico Felipe Conceição fez questão de enaltecer o trabalho coletivo. “Todo mundo vibrando, o pessoal que está jogando, o pessoal que está de fora, os que entraram ajudaram. Estamos formando um grupo forte e acho que esse foi o diferencial do jogo”, destacou o treinador. SL

FICHA TÉCNICA

PAULISTÃO 2020 – SÉRIE A1 – RODADA 11
SÃO PAULO 2 x 3 RB BRAGANTINO

Gols: Pablo (6’/1°), Matheus Jesus (13’/1°), Morato (35’/1°), Pablo (38’/2°) e Artur (20’/2°).

SÃO PAULO – Tiago Volpi; Juanfran (Paulinho Bóia 39’/2°), Bruno Alves, Arboleda (Everton 26’/2°) e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes (Helinho 39’/2°); Pablo, Alexandre Pato (Hernanes 39’/2°) e Vítor Bueno (Liziero 26’/2°). Técnico: Fernando Diniz.

BRAGANTINO – Júlio César; Weverton, Fabrício Bruno, Ligger e Luan Cândido (Edimar – intervalo); Ricardo Ryller (Barreto 29’/2°), Vitinho e Matheus Jesus (Weverson 44’/2°); Artur (Uillian Correia 44’/2°), Ytalo e Morato (Claudinho 33’/2°). Técnico: Felipe Conceição.

ÁRBITRO: Edina Alves Batista (FIFA-SP).
ASSISTENTES: Danilo Ricardo Simon Manis e Evandro de Melo Lima.
CARTÕES AMARELOS: Reinaldo, Daniel Alves e Tchê Tchê (SÃO); Matheus Jesus (3°) e Vitinho (BRA).

LOCAL: Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), em São Paulo, na quinta-feira (23/07).

RESULTADOS DA RODADA

PAULISTÃO 2020 – RODADA 11
Ituano 0 x 0 Ferroviária
Santos 1 x 1 Santo André
Ponte Preta 2 x 0 Novorizontino
Corinthians 1 x 0 Palmeiras
Água Santa 0 x 0 Mirassol
Inter de Limeira 2 x 1 Oeste
São Paulo 2 x 3 Red Bull Bragantino
Botafogo 2 x 0 Guarani

Conversas no Facebook