Bragantino

Gol nos acréscimos garante empate do Massa Bruta contra o Santos

publicado em 10 de agosto de 2020 - Por Silvio Loredo
CLAUDINHO ENTROU E MARCOU O GOL DE EMPATE PARA O MASSA BRUTA

A partida que marcou a volta do Massa Bruta ao Campeonato Brasileiro da Série A terminou com o empate, em 1 a 1, contra o Santos, na Vila Belmiro, na tarde do último domingo.

Os gols foram anotados na etapa final. Marinho abriu o marcador para os donos da casa e Claudinho empatou nos acréscimos.

Felipe Conceição manteve a mesma escalação da equipe que começou o jogo contra o Guarani, pelo final do Torneio do Interior, na semana passada. Do outro lado, o Santos promoveu a estreia do técnico Cuca, contratado na última sexta-feira para substituir o demitido Jesualdo Ferreira.

A partida começou com o Bragantino pressionando bastante e dominando as ações. Em menos de 10 min o goleiro Vladimir, do Santos, teve que mostrar trabalho para evitar que sua equipe já ficasse atrás no marcador.

Aos poucos o jogo foi se tornando mais equilibrado. Aos 18 min, em uma desatenção do sistema defensivo, mais precisamente do zagueiro Fabrício Bruno, que cometeu pênalti no atacante Kaio Jorge.  Carlos Sánchez foi o encarregado da cobrança, mas bateu mal e a bola tocou sutilmente na trave antes de sair pela linha de fundo.
Na etapa final o Braga finalizou mais, principalmente depois que ficou atrás no marcador. Aos 19 min, Marinho chutou forte, de fora da área, a bola quicou e traiu o goleiro Cleiton, que aceitou.

COBRANÇA DO PÊNALTI DESPERDIÇADA POR CARLOS SÁNCHEZ AINDA NA PRIMEIRA ETAPA (ARI FERREIRA/RED BULL BRAGANTINO)

Nos contra-ataques o Santos passou a ter oportunidades para ampliar a vantagem, mas desperdiçou.

Claudinho entrou em campo aos 35 min e bastaram 12 min em campo para ele empatar a partida, nos acréscimos. Ele se aproveitou de um rebote depois da cobrança de um escanteio, e bateu forte de fora da área, sem chances para o goleiro do Peixe.

Ao final do jogo o técnico Felipe Conceição analisou o resultado e disse ter ficado satisfeito com o desempenho do time. “Nós fomos uma equipe que buscou a vitória desde o início, agredimos a equipe do Santos desde o início e não merecíamos sair com a derrota”, disse. SL

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE A – RODADA 01
SANTOS 1 x 1 BRAGANTINO

GOLS: Marinho (19’/2°) e Claudinho (47’/2°).

SANTOS – Vladimir; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho (Jean Mota 35’/2°), Kaio Jorge (Uribe 20’/2°) e Soteldo.  Técnico: Cuca.

BRAGANTINO – Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar; Ricardo Ryller (Claudinho 35’/2°), Matheus Jesus e Weverson (Robinho 44’/2°); Artur, Alerrandro (Ytalo 27’/2°) e
Morato (Bruno Tubarão 35’/2°).  Técnico: Felipe Conceição.

ÁRBITRO: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
ASSISTENTES: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG).
CARTÕES AMARELOS: Ricardo Ryller (BRA).
LOCAL: Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), em Santos, no domingo (09/08).

RESULTADOS DA RODADA

BRASILEIRÃO 2020 – RODADA 01

Fortaleza 0 x 2 Athlético-PR
Coritiba 0 x 1 Inter-RS
Sport 3 x 2 Ceará
Santos 1 x 1 BRAGANTINO
Flamengo 0 x 1 Atlético-MG
Grêmio 1 x 0 Fluminense
JOGOS ADIADOS:
Botafogo x Bahia
Corinthians x Atlético-GO
Palmeiras x Vasco
Goiás x São Paulo

Conversas no Facebook