Bragantino

Derrota para o Fluminense mantém Bragantino na 5ª colocação

publicado em 28 de setembro de 2021 - Por Silvio Loredo
Helinho foi o jogador mais criativo do Braga na partida, mas o time, recheado de reservas, não foi páreo para os cariocas (Ari Ferreira / Red Bull Bragantino)

O Bragantino foi ao Rio de Janeiro na tarde de domingo, 26, para enfrentar o Fluminense, no Maracanã, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, e foi derrotado por 2 a 1.

O técnico Maurício Barbieri mandou a campo uma equipe reserva, visando preservar os titulares para o jogo de volta da semifinal da Copa Sul-Americana na noite desta quarta-feira, 29, no Paraguai, contra o Libertad. Alguns nem viajaram ao RJ, e o único titular que participou do jogo por alguns minutos foi o meia Praxedes.

Diante dessas circunstâncias, o time de Bragança Paulista entrou como franco atirador na partida, diante de uma equipe que sustentava uma invencibilidade de seis jogos.

Desde o início o Fluminense tomou o controle do jogo e abriu o placar logo aos 12 minutos, com Fred, após jogada de Luiz Henrique e Nonato. O Fluminense continuou superior e ampliou o marcador aos 41 minutos com Luiz Henrique, principal jogador da partida. Ao driblar dois jogadores do Braga de uma só vez, Natan e Cristiano, ele bateu no canto, sem chances para o goleiro Júlio César. A única chance do Bragantino na primeira etapa foi num chute de fora da área de Helinho.

O Massa Bruta, que parecia entregue no jogo, voltou melhor no segundo tempo, enquanto o Fluminense apostava nos contra-ataques. Primeiro, o Massa Bruta assustou com bom cabeceio de Gabriel Novaes, que foi para fora. Dois minutos depois, aos 16, conseguiu descontar com belo gol de Helinho, de fora da área.

Marcão, técnico do Fluminense, fez mudanças na equipe e até conseguiu o terceiro gol com Gabriel Teixeira, mas o VAR entrou em ação e anulou o lance por impedimento de Bobadilla. No fim, o Fluminense conseguiu manter a bola no campo ofensivo e não sofreu grandes riscos na reta final para garantir a vitória.

Com esse resultado, o Braga se manteve na quinta colocação, com 33 pontos, mas vê de perto o Corinthians, com o mesmo número de pontos, mas saldo de gols inferior – embora com um jogo a mais – além de Internacional e o próprio Fluminense – este também com um jogo a mais – ambos apenas com um ponto a menos.

FICHA TÉCNICA

22ª RODADA

FLUMINENSE 2 X 1 RED BULL BRAGANTINO
Maracanã – Rio de Janeiro (RJ) Domingo (26/09/2021) às 16h00

FLUMINENSE: Marcos Felipe, Calegari, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; André, Yago Felipe (Martinelli – intervalo) e Nonato (David Braz – 44’/2ºT); Luiz Henrique (Gabriel Teixeira – 27’/2ºT), Fred (Bobadilla – 27’/2ºT) e Caio Paulista (Arias – 17’/2ºT). Técnico: Marcão

RED BULL BRAGANTINO: Júlio César, Weverton, Léo Realpe, Natan e Luan Cândido (Guilherme – 27’/2ºT); Emiliano Martínez, Cristiano (Praxedes – 38’/2ºT) e Vitinho (Weverson – intervalo); Helinho (Alerrandro – 32’/2ºT), Gabriel Novaes (Hurtado – 27’/2ºT) e Pedrinho. Técnico: Maurício Barbieri

GOLS: Fred (11’ 1º T); Luiz Henrique (42’ 1º T); Helinho (16’ 2º T)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistente 1: Jorge Eduardo Bernardi (RS)
Assistente 2: Jose Eduardo Calza (RS)
Árbitro de Vídeo (VAR): Rodolpho Toski Marques (FIFA-PR)
CARTÕES AMARELOS: Leo Realpe e Gabriel Novaes (BRA); Nonato e Martinelli (FLU)

RESULTADOS DA RODADA

Sábado (25/09)
Ceará 1 x 0 Chapecoense
Corinthians 2 x 1 Palmeiras
São Paulo 0 x 0 Atlético-MG

Domingo (26/09)
América-MG 1 x 1 Flamengo
Fluminense 2 x 1 RB BRAGANTINO
Internacional 2 x 0 Bahia
Juventude 3 x 0 Santos
Sport 0 x 1 Fortaleza
Athletico-PR 4 x 2 Grêmio
Atlético-GO 0 x 0 Cuiabá

Conversas no Facebook


Secured By miniOrange