Bragantino

Corinthians elimina Massa Bruta da fase decisiva do Paulistão

publicado em 31 de julho de 2020 - Por Silvio Loredo
MATHEUS JESUS ESTEVE POUCO INSPIRADO CONTRA O CORINTHIANS (ARI FERREIRA/RB BRAGANTINO)

O Bragantino não teve o mesmo desempenho apresentado na primeira fase do Paulistão e acabou derrotado para o Corinthians, por 2 a 0, na noite da última quinta-feira, no Estádio do Morumbi, em São Paulo. A derrota custou a eliminação da equipe da fase decisiva da competição.

O Corinthians abriu o marcador com 27 segundos de bola rolando. Ederson roubou a bola de Vitinho no meio-campo, progrediu e, de fora da área, arriscou o chute. Júlio César falhou e a bola entrou.

O sistema de jogo do Massa Bruta a princípio não se comprometeu e a equipe até que tentou chegar ao empate. Artur acertou uma bola contra o travessão de Cássio aos 8 min., sendo a melhor chance de gol da equipe. No entanto, aos poucos o jogo foi esfriando e se tornando favorável ao Corinthians, que estava à frente do marcador.

A reação que se esperava do Massa Bruta na etapa final não aconteceu e o jogo se tornou ainda mais moroso. Para piorar as coisas pelos lados do Bragantino, Jô marcou o segundo, de cabeça, aos 19 min.

As alterações do técnico Felipe Conceição não surtiram o efeito esperado. A entrada de Claudinho deu mais velocidade ao time, mas nada de produtividade ofensiva capaz e suficiente de levar a equipe a uma reviravolta no marcador. Final de jogo e a equipe com melhor campanha na primeira fase acabou eliminada da competição. SL

FICHA TÉCNICA

PAULISTÃO 2020 – SÉRIE A1
RODADA 13 (QUARTAS DE FINAL)
RB BRAGANTINO 0 x 2 CORINTHIANS

GOLS: Ederson (27 segundos/1°) e Jô (19’/2°)

BRAGANTINO – Júlio César; Aderlan (Weverton 25’/2°), Fabrício Bruno, Ligger, Edimar; Ricardo Ryller (Weverson 36’/2°), Matheus Jesus, Vitinho (Claudinho 25’/2°), Artur, Morato (Matheus Peixoto 36’/2°), Ytalo (Alerrandro 15’/2°). Técnico: Felipe Conceição.

CORINTHIANS – Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos Augusto; Gabriel, Ederson, Ramiro (Michel Macedo 42’/2°), Luan (Araos 31’/2°), Matheus Vital (Sidcley 24’/2°); Jô. Técnico: Tiago Nunes.

ÁRBITRO: Raphael Claus (FIFA).
ASSISTENTES: Neuza Inês Back (FIFA) e Daniel Paulo Ziolli.

CARTÕES AMARELOS: Ytalo e Artur (BRA); Fagner, Carlos Augusto e Mateus Vital (COR).

LOCAL: Estádio Cícero Pompeu de Toledo (MORUMBI), quinta-feira (30/07).

Conversas no Facebook