Bragantino

Com belo gol de Claudinho, Bragantino empata com o Flamengo, no Maracanã

publicado em 16 de outubro de 2020 - Por Silvio Loredo
YTALO TEVE PARTICIPAÇÃO IMPORTANTE NO JOGO E NO LANCE DO GOL DE CLAUDINHO (ARI FERREIRA/RED BULL BRAGANTINO)

O Bragantino surpreendeu pela aplicação tática, disposição e pelo resultado na noite da última quinta-feira, 15, ao empatar com o Flamengo em 1 a 1, no Maracanã. A apatia dos jogos anteriores não esteve em campo e o que se viu foi um time aguerrido, em busca do resultado positivo.

Mais uma vez o time saiu na frente do marcador e acabou cedendo o empate, que não alterou a posição da equipe na classificação, mas deixou o alento para uma recuperação.

Barbieri promoveu quatro alterações na equipe que iniciou a partida em comparação ao jogo anterior, contra o Atlético-GO. Cleiton, no gol, no lugar de Júlio César; Aderlan retornou à lateral; Raul voltou ao meio-campo; Léo Realpe na zaga, no lugar de Léo Ortiz; e Weverson na lateral esquerda na vaga de Edimar.

O primeiro tempo foi morno, mas ainda assim foram do Massa Bruta as duas melhores oportunidades. Bruno Tubarão logo no início, com Isla salvando, e Claudinho, em cobrança de falta, com grande defesa de Hugo.
Leandrinho, lesionado, deixou o campo aos 19 min, para a entrada de Morato.

CLAUDINHO COMEMORA E AGRADECE AOS CÉUS MAIS UM BONITO GOL COM A CAMISA DO BRAGANTINO

A etapa final começou com a saída do Bragantino e sem que o Flamengo tocasse na bola aconteceu o primeiro gol. Weverson, Claudinho, Tubarão, Ytalo e novamente Claudinho participaram do lance, para a conclusão do camisa 10, em grande estilo.

Em rápido contra-ataque, Ytalo deixou Morato em condições de ampliar, mas o atacante não alcançou a bola e perdeu grande oportunidade.

Em desvantagem no marcador, o Flamengo se lançou ao ataque e passou a pressionar mais, até que aos 24 min, Lincoln marcou o gol de empate. Renê cruzou, a bola chegou em Isla, que bateu para o interior da pequena área, Cleiton espalmou parcialmente e Lincoln tocou de cabeça.

Cuello, que entrou no lugar de Morato, teve dois bons lances em contra-ataque, e no final, Edimar ainda teve uma chance em cobrança de falta, com a bola parando na barreira. SL

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE A: RODADA 16
FLAMENGO 1 x 1 BRAGANTINO

GOLS: Claudinho (17 segundos /2°) e Lincoln (24’/2°)

FLAMENGO – Hugo; Isla, Thuler, Léo Pereira e Renê; Willian Arão (Bruno Henrique 21’/2°), Thiago Maia e Diego; Everton Ribeiro (Gerson 43’/2°), Lincoln e Pedro (Vitinho – intervalo). Técnico: Domènec Torrent.

BRAGANTINO – Cleiton; Aderlan, Léo Realpe (Léo Ortiz 26’/2°), Ligger e Weverson; Ricardo Ryller, Raul e Claudinho (Hurtado 37’/2°); Leandrinho (Morato 19’/1°)(Cuello 26’/2°), Ytalo e Bruno Tubarão (Edimar 37’/2°).
Técnico: Maurício Barbieri.

ÁRBITRO: Daniel Nobre Bins (RS).
ASSISTENTES: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS).

CARTÕES AMARELOS:  Lincoln e Willian Arão (FLA);  Weverson e Maurício Barbieri (BRA).

LOCAL: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, na quinta-feira (15/10).

RESULTADOS DA RODADA

BRASILEIRÃO 2020 – RODADA 16
Palmeiras 1 x 3 Coritiba
Grêmio 3 x 1 Botafogo
Santos 0 x 1 Atlético-GO
Atlético-MG 1 x 1 Fluminense
Athlético-PR 0 x 1 Corinthians
Sport 3 x 5 Inter-RS
Flamengo 1 x 1 BRAGANTINO

Conversas no Facebook