Bragantino

Bragantino vence o CRB-AL e recebe taça de campeão em grande estilo

publicado em 2 de dezembro de 2019 - Por Silvio Loredo
Jogadores e comissão técnica fazem a festa no pódium de campeão (Crédito: Divulgação/Bragantino)

Acesso e título já haviam sido confirmados antecipadamente. Troféu de campeão e medalhas foram entregues pela CBF logo após o final da partida

O Bragantino não poderia encerrar sua participação na temporada 2019 de melhor forma. Jogando na tarde do último sábado, 30, no Estádio Nabi Chedid, para um público superior a 6 mil torcedores, o time venceu o CRB-AL, por 2 a 0, os dois gols anotados na etapa final.

O primeiro deles pelo artilheiro do Braga na competição, Ytalo, que chegou à marca dos 13 gols e o segundo pelo melhor jogador da equipe e, provavelmente, do campeonato, Claudinho.

Mesmo tendo a partida um formato amistoso, pois o Massa Bruta já tinha o título conquistado e o CRB-AL apenas cumpria tabela, o Braga em alguns momentos mostrou o mesmo futebol que o levou ao título e à liderança da Série B desde a sétima rodada: envolvente, com toques rápidos e precisos, e com a mesma dinâmica ofensiva.

Resultado: 22ª vitória no campeonato, sendo a 13ª em casa e terminando de forma invicta como mandante (13 vitórias e seis empates); campeão do primeiro turno (38 pontos) e do segundo (37 pontos); melhor ataque (64 gols) e defesa menos vazada (27 gols); melhor saldo de gols (37 gols); equipe que mais finalizou contra o gol adversário (616 vezes, com 38,5% de finalizações certas); equipe com mais tempo de posse de bola (57% em média); equipe que mais passes trocou e com 90,9% de precisão; equipe que mais teve escanteios a seu favor (251 no total); ou seja, números inquestionáveis para um campeão.

ZAGO MUDOU A ESCALAÇÃO

Em forma de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido pelo grupo durante toda a Série B, o técnico Antonio Carlos Zago promoveu algumas alterações no time que iniciou a partida contra o CRB-AL.

No gol, Alex Alves teve sua oportunidade; na zaga, Anderson Marques (que encerrou sua carreira de atleta profissional de forma oficial) jogou até os 12 min da segunda etapa, quando foi substituído por Léo Ortiz; no ataque, Robinho começou como titular e Rodrigo Angelotti, que a exemplo de Alex Alves ainda não tinha atuado, entrou aos 25 min da etapa final no lugar de Morato.

OS GOLS

Os dois gols do Bragantino saíram na etapa final e ambos com a marca da equipe na Série B, com toques e tabelas envolventes. No primeiro, aos 28, Ytalo tabelou com Aderlan, driblou o goleiro Fernando Henrique e marcou.

Aos 44, a jogada começou desde a linha defensiva com os zagueiros, com a bola sendo tocada de pé em pé e sem que os jogadores do CRB-AL conseguissem interceptar. Novamente Aderlan teve participação na última assistência, quando serviu a Claudinho. O destaque da equipe livrou-se da marcação e bateu cruzado. Foi o seu décimo gol no Brasileiro da Série B.

FESTA AO FINAL

Os torcedores, mais uma vez, entoaram os gritos de “É Campeão, Bi-Campeão e o Leão Voltou” nas arquibancadas do estádio e, assim que a bola parou de rolar, de forma ordeira e educada, comemoraram bastante.

Parte do elenco e da comissão técnica que conquistou o título de Campeão Brasileiro da Série B 2019

A cerimônia final foi conduzida por representantes da CBF. Participaram o presidente da CBF Rogério Caboclo, o diretor de competições Manoel Flores e o secretário-geral Walter Feldman. Nem a chuva que caiu depois do fim do jogo diminuiu a alegria dos jogadores do Bragantino, que deram volta olímpico com o troféu, e dos torcedores que permaneceram no estádio.

A taça foi erguida pelo capitão Júlio César e pelo zagueiro Anderson Marques.
Além do Bragantino, garantiram vaga na Série A do próximo ano, Sport-PE, Coritiba-PR e o Atlético-GO. SL

FICHA TÉCNICA

BRASILEIRO SÉRIE B – 2019
RODADA 38 – (ÚLTIMA DO RETURNO)
BRAGANTINO 2 x 0 CRB-AL

GOLS: Ytalo (28’/2°) e Claudinho (44’/2°).
BRAGANTINO – Alex Alves; Aderlan, Anderson Marques (Léo Ortiz 12’/2°), Ligger e Edimar; Barreto e Uillian Correia; Morato (Rodrigo Angelotti 25’/2°), Claudinho e Robinho; Ytalo (Wesley 32’/2°).Técnico: Antonio Carlos Zago.

CRB-AL – Fernando Henrique; Israel Neves, Wellington Carvalho, Ewerton Páscoa (Edson 9’/2°) e Igor; Claudinei, Lucas Siqueira (Edson Cariús 32’/2°)  e Élton (Lucas Abreu 13’/2°); Willie, Alisson Farias e Léo Ceará. Técnico: Marcelo Cabo.

RENDA: R$ 54.815,00
PÚBLICO: 6.931 pagantes.
ÁRBITRO: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES).
ASSISTENTES: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Katiúscia Mayer Berger Mendonça (ES).
CARTÃO AMARELO: Wellington Carvalho (CRB).
LOCAL: Estádio Nabi Abi Chedid, no sábado (30/11).