Bragantino

Bragantino vence o Botafogo-RJ de virada, fora de casa

publicado em 20 de novembro de 2020 - Por Silvio Loredo
YTALO MARCOU UM BONITO GOL, O DE EMPATE, CONTRA O BOTAFOGO (ARI FERREIRA/RED BULL BRAGANTINO)

Importante, fundamental – assim podemos definir a vitória do Bragantino na noite da última segunda-feira, 16, contra o Botafogo, no Rio de Janeiro. De virada, os comandados do técnico Maurício Barbieri, conquistaram os três pontos diante de um adversário direto na luta contra o rebaixamento.

Não foi uma exibição brilhante do ponto de vista técnico, mas o resultado alcançado foi muito enaltecido.

Ytalo e Claudinho foram os autores dos gols do Braga, enquanto Matheus Babi marcou para os donos da casa.

O JOGO

O primeiro tempo do Bragantino não foi bom. O time não conseguiu sair da marcação do Botafogo, que pressionou bastante, mas sem criar jogadas de muito perigo ao gol de Cleiton.

Em jogada bem trabalhada, o Botafogo abriu o marcador aos 43 min. Victor Luis cruzou na medida para Matheus Babi cabecear com precisão, no costado de Ligger. Mas, em rara jogada de lucidez ainda nessa primeira etapa, o Braga conseguiu o empate aos 45. A bola foi trabalhada em uma sequência de passes e chegou até Ytalo, na entrada da área. Ele limpou dois marcadores e bateu no canto da meta defendida por Cavalieri.

A etapa final mostrou um jogo mais aberto e a primeira grande chance desperdiçada foi com Raul, frente a frente com o goleiro do Botafogo.

O Botafogo respondeu com Bruno Nazário acertando a bola, em um cabeceio, contra o travessão de Cleiton.

Dois lances de possíveis penalidades favoráveis ao Bragantino foram revisados pelo VAR e interromperam a partida por um longo período. No primeiro deles, um possível toque na mão dentro da área de Victor Luís após cruzamento de Artur. O árbitro decidiu por não marcar a falta.

No lance seguinte, Marcelo Benevenuto afastou parcialmente e a bola bateu na mão de Kanu. O árbitro marcou o pênalti, revisou na tela e confirmou a marcação.

Na cobrança, Claudinho bateu firme e virou o jogo, aos 40 min.

Nos acréscimos o Botafogo pressionou e Cleiton fez uma importante defesa em conclusão de Kalou.

ONTEM CONTRA O BAHIA

Em partida antecipada da 22ª rodada o Bragantino enfrentaria na noite de ontem, o Bahia, no Estádio Nabi Chedid. Léo Ortiz, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, era desfalque certo. SL

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE A
RODADA 21 (2ª DO RETURNO)
BOTAFOGO 1 x 2 BRAGANTINO

GOLS: Matheus Babi (43’/1°), Ytalo (45’/1°) e Claudinho (40’/2°).
BOTAFOGO – Diego Cavalieri; Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luis; José Welison, Caio Alexandre (Pedro Raul 20’/2°), Honda e Bruno Nazário (Rhuan 26’/2°); Matheus Babi (Kalou 41’/2°) e Éber Bessa (Davi Araújo 41’/2°).Técnico: Emiliano Díaz (auxiliar).
BRAGANTINO – Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Weverson (Luan Cândido 10’/2°); Raul, Ricardo Ryller (Matheus Jesus 29’/2°) e Claudinho (Fabrício Bruno 42’/2°); Artur, Ytalo (Chrigor 29’/2°) e Cuello (Helinho 10’/2°).
Técnico: Maurício Barbieri.

ÁRBITRO: Rodolpho Toski Marques (FIFA PR).
ASSISTENTES: Guilherme Dias Camilo (FIFA MG) e Ivan Carlos Bohn (PR).

CARTÕES AMARELOS: Cuello, Léo Ortiz (3°) e Helinho (BRA).
LOCAL: Estádio Olímpico Nilton Santos (Engenhão), no RJ, na segunda-feira (16/11).

RESULTADOS DA RODADA

Santos 2 x 0 Inter-RS
Sport 0 x 2 Vasco
Goiás 0 x 1 Athlético-PR
Corinthians 1 x 2 Atlético-MG
Grêmio 4 x 2 Ceará
Fortaleza 2 x 3 São Paulo
Flamengo 1 x 1 Atlético-GO
Palmeiras 2 x 0 Fluminense
Coritiba 1 x 2 Bahia
Botafogo 1 x 2 BRAGANTINO

JOGOS DA RODADA

BRASILEIRÃO 2020 – RODADA 21
3ª DO RETURNO

ONTEM (Sexta-feira):
BRAGANTINO x Bahia
HOJE (sábado), 19 horas:
No RJ (Maracanã) – Flamengo x Coritiba
Em Curitiba (Arena da Baixada) – Athlético-PR x Santos
21 horas:
Em Goiânia – Goiás x Palmeiras
AMANHÃ (domingo), 16 horas:
Em SP (Morumbi) – São Paulo x Vasco
Em Fortaleza – Ceará x Atlético-MG
18h15:
Em Porto Alegre – Inter-RS x Fluminense
No RJ (Nilton Santos) – Botafogo x Fortaleza
20h30:
Em SP (Neo Química Arena) – Corinthians x Grêmio
SEGUNDA-FEIRA (23/11), 20 horas:
Em Recife – Sport x Atlético-GO

Conversas no Facebook