Bragantino

Bragantino perde do Atlético-MG e cai para a última colocação

publicado em 14 de setembro de 2020 - Por Silvio Loredo
ALERRANDRO (AUTOR DO GOL DO BRAGANTINO), NO CHÃO COM O ZAGUEIRO IGOR RABELLO (ARI FERREIRA/RED BULL BRAGANTINO)

A vida do Bragantino na Série A do Brasileiro não está sendo fácil. Já se foram dez rodadas e o time segue com apenas uma vitória (conquistada contra o Fluminense, na quarta rodada).

São seis jogos sem vencer, dois empates e quatro derrotas, sendo a última delas no domingo, em BH, diante do Atlético-MG, por 2 a 1. A sequência de resultados negativos levou o time à última colocação na tabela de classificação, com apenas 7 pontos conquistados.

O futebol apresentado pelo time não tem sido ruim, mas falhas individuais têm comprometido o desempenho nesta difícil competição.

ATLÉTICO SAIU NA FRENTE

Exercendo uma melhor marcação, o Bragantino começou o jogo diante do Atlético-MG tentando tirar os espaços do adversário. A tática deu certo, e mesmo com mais posse de bola o Galo não conseguia levar perigo ao gol de Júlio César, que reconquistou a posição de titular.

Mas em um erro de posicionamento, Réver abriu o marcador, aos 29 min, de cabeça, depois de uma cobrança de escanteio. Raul estava na marcação do zagueiro. O Bragantino esboçou uma reação em um chute de Claudinho, de fora da área, em que o estreante Everson fez boa defesa.

ETAPA FINAL COM OUTRO CENÁRIO

O Bragantino voltou melhor para a etapa final e logo aos 3 min empatou a partida. Lucas Evangelista bateu forte, a bola explodiu no travessão e, no rebote, Alerrandro a empurrou para o gol vazio. Aos 7, Artur teve boa chance para virar o marcador, mas concluiu mal.

LUCAS EVANGELISTA, QUE TEVE PARTICIPAÇÃO NO GOL DO BRAGANTINO, DISPUTA O LANCE COM GUGA

O Atlético-MG poderia ter marcado o segundo gol aos 18, com Eduardo Sasha cobrando penalidade máxima, que Júlio César defendeu. Equilibrado, o confronto dava mostras que poderia terminar empatado. No entanto, aos 42, veio o castigo para o Massa Bruta.

Keno cruzou da esquerda, a bola atravessou a área e encontrou Savarino livre na direita, no costado de Edimar. O atacante chutou, Júlio César ainda chegou a fazer a defesa, mas a bola já havia ultrapassado a linha do gol.

SÁBADO CONTRA O CEARÁ

Os jogadores do Braga retornaram de BH no domingo à noite e todos tiveram folga na segunda-feira. Os trabalhos da semana começam nesta terça-feira. Nas próximas três rodadas o Massa Bruta jogará somente nos finais de semana, o que dará um tempo maior para o treinador Maurício Barbieri fazer ajustes na sua equipe.

Precisando dos três pontos, a equipe recebe o Ceará no próximo sábado, às 19 horas, no Estádio Nabi Chedid. Este jogo pode ser considerado como o divisor de águas na tabela de classificação. Uma vitória poderá ser o início de uma virada na competição. SL

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE A – RODADA 10
ATLÉTICO-MG 2 x 1 BRAGANTINO

GOLS: Réver (29’/1°); Alerrandro (3’/2°) e Savarino (42’/2°).

ATLÉTICO-MG – Everson, Igor Rabello, Réver e Junior Alonso; Mailton (Keno 12’/2°), Allan, Guga, Alan Franco (Natan 28’/2°) e Guilherme Arana; Savarino e Eduardo Sasha (Hyoran 47’/2°). Técnico: Jorge Desio (auxiliar).

BRAGANTINO – Júlio César; Aderlan (Barreto 35’/2°), Léo Ortiz, Léo Realpe e Edimar; Ricardo Ryller, Raul e Lucas Evangelista; Artur (Hurtado 47’/2°), Alerrandro (Robinho 25’/2°) e Claudinho. Técnico: Maurício Barbieri.

ÁRBITRO: Ramon Abatti Abel (SC).
ASSISTENTES: Alex dos Santos (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC).

CARTÕES AMARELOS: Guilherme Arana (ATL); Edimar (3°), Maurício Barbieri (técnico) e Maldonado (auxiliar) (BRA).

LOCAL: Estádio Governador Magalhães Pinto (MINEIRÃO), em BH, domingo (13/09).

RESULTADOS DA RODADA

BRASILEIRÃO 2020 – RODADA 10

Athlético-PR 1 x 0 Coritiba
Santos 2 x 2 São Paulo
Grêmio 1 x 1 Fortaleza
Fluminense 2 x 1 Corinthians
Atlético-MG 2 x 1 BRAGANTINO
Bahia 0 x 1 Atlético-GO
Ceará 2 x 0 Flamengo
Goiás 1 x 0 Inter-RS
Palmeiras 2 x 2 Sport
Botafogo 2 x 3 Vasco

Conversas no Facebook