Bragantino

Bragantino fica no 0 a 0 em Goiânia e perde chance de classificação para a Libertadores

publicado em 23 de fevereiro de 2021 - Por Silvio Loredo
Vitinho, que apareceu de surpresa na escalação e como titular pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, encarou forte marcação (Ari Ferreira / Red Bull Bragantino)

Em mais um jogo complicado pela Série A do Campeonato Brasileiro, o Bragantino ficou novamente no 0 a 0, desta vez contra o Goiás, no Estádio da Serrinha, em Goiânia-GO.

Com pretensões de entrar na última rodada com chances de classificação para a Libertadores, o Bragantino não conseguiu superar o adversário, que lutava contra o rebaixamento e precisava da vitória para escapar.

Com o resultado, o Bragantino chegou aos 50 pontos e perdeu a chance de alcançar o Santos, oitavo colocado, que empatou contra o Fluminense e ficou quatro pontos à frente, garantindo a última vaga para a fase preliminar da competição continental.

Contudo, a equipe de Bragança Paulista já havia garantido vaga na Copa Sul-Americana no empate diante do Sport, dia 15 de fevereiro, também por 0 a 0, e voltará a disputar uma competição oficial internacional depois de 25 anos. Já o Goiás confirmou o sexto rebaixamento para a Série B em sua história.

Jogo truncado

O Bragantino conseguiu criar uma chance clara de gol logo aos 6 min de jogo, numa cabeçada de Claudinho, em que o goleiro Marcelo Rangel fez grande defesa. No entanto, o adversário, com forte marcação, conseguiu fechar os espaços dentro da área e o Massa Bruta durante todo o jogo precisou arriscar arremates de longa distância para tentar marcar, o que não foi possível devido à atuação segura do goleiro adversário.

Pelo lado do Bragantino, o goleiro Cleiton também foi o destaque, já que o Goiás, apesar de mais fechado e com menos posse de bola, criou chances perigosas após contra-ataques e lançamentos em direção à área.

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE A
37ª RODADA (PENÚLTIMA)

GOIÁS 0 X 0 RED BULL BRAGANTINO

GOIÁS: Marcelo Rangel, David Duarte, Fábio Sanches e Heron (Daniel De Pauli – intervalo); Shaylon, Henrique Lordelo (Iago Mendonça 36’/2ºT), Miguel Figueira (Índio 23’/2ºT), Vinicius Lopes (Gustavinho 23’/2ºT) e Jefferson (Gustavinho 40’/2ºT); Fernandão e Rafael Moura. Técnicos (interinos): Gláuber Ramos e Augusto César

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan (Leandrinho 44’/2ºT), Fabrício Bruno, Ligger e Luan Cândido; Raul, Ricardo Ryller (Lucas Evangelista 9’/2ºT) e Claudinho; Arthur, Ytalo (Hurtado 44’/2ºT) e Vitinho (Ramires 26’/2ºT). Técnico: Maurício Barbieri.

ÁRBITRO: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
ASSISTENTE 1: Leirson Peng Martins (RS)
ASSISTENTE 2: Lucio Beiersdorf Flor (RS)
ÁRBITRO DE VÍDEO (VAR): Rafael Traci (SC)
Local: Estádio Hailé Pinheiro – Serrinha (Goiânia-GO)

RESULTADOS DA RODADA

Coritiba 0 x 2 Ceará
Fortaleza 0 x 4 Bahia
Flamengo 2 x 1 Internacional
Corinthians 0 x 0 Vasco
Sport 2 x 3 Atlético-MG
Santos 1 x 1 Fluminense
Grêmio 1 x 0 Athletico-PR
Goiás 0 x 0 BRAGANTINO
Palmeiras 1 x 1 Atlético-GO
Botafogo 1 x 0 São Paulo

Conversas no Facebook