Bragantino

Bicampeão: Bragantino empata com Criciúma e garante o título da Série B

publicado em 15 de novembro de 2019 - Por Silvio Loredo
Morato comemora gol de empate (Foto: Sílvio Loredo)

Primeiro foi o acesso e, na sequência, o título de campeão. Na noite da última sexta-feira, 15, Bragantino e Criciúma ficaram no empate, em 1 a 1, no Estádio Nabi Chedid, resultado que garantiu, matematicamente, a primeira colocação, com duas rodadas de antecedência, no Campeonato Brasileiro da Série B.

O estádio recebeu grande público. Cerca de 10 mil torcedores acompanharam a partida, incentivaram o time e comemoraram ao apito final do árbitro. Comemoração que se iniciou dentro do gramado pelos jogadores, comissão técnica e dirigentes, nas arquibancadas, e se estendeu para o lado externo, num palco montado na Rua Emílio Colela.
Em campo, como previsto, o Braga começou melhor e mantendo a posse de bola no campo de ataque.

A primeira chegada perigosa foi do Criciúma. O zagueiro Sandro, de cabeça, acertou uma bola contra o travessão de Júlio César.

Aos 26, em jogada individual, Andrew abriu o marcador para os catarinenses. Ele partiu em velocidade para cima da defesa, desde a divisória do meio-campo, contou com um desvio involuntário de Barreto e a bola sobrou novamente em seus pés para invadir a grande área e passar por mais dois marcadores, além do goleiro Júlio César e marcar.
A resposta do Bragantino veio aos 38 min.

Primeiro Aderlan salvou no interior da grande área o que poderia ser o segundo gol do Criciúma, calçando Reis no momento exato. No contra-ataque a jogada se iniciou pelo lado esquerdo com Edimar. Ele tocou para Ytalo, que ajeitou de primeira para Claudinho. Este viu Morato e o serviu com rapidez. Morato invadiu a área, ajeitou com a perna esquerda e bateu forte no canto, marcando o gol de empate.

A segunda etapa contou com um ritmo menos intenso das duas equipes. Os ânimos se acirraram aos 38 min, com um desentendimento por parte de alguns jogadores. Vários cartões amarelos foram distribuídos e, Rayan, que já tinha amarelo, acabou expulso de campo.

Com um a menos, o Braga passou a administrar o resultado, que foi suficiente para a conquista do título. Após o título, todos ganharam folga até quarta-feira. Os próximos compromissos serão no domingo, fora de casa, contra o Coritiba-PR, e no dia 30, contra o CRB-AL, em Bragança. SL

FICHA TÉCNICA

BRASILEIRO SÉRIE B – 2019
RODADA 36 – (17ª DO RETURNO)
BRAGANTINO 1 x 1 CRICIÚMA-SC

GOLS: Andrew (26’/1°) e Morato (38’/1°).

BRAGANTINO – Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Rayan e Edimar; Barreto e Ricardo Ryller; Morato (Robinho 26’/2°), Claudinho e Wesley (Pedro Naressi 41’/2°); Ytalo (Matheus Peixoto 46’/2°). Técnico: Antonio Carlos Zago.

CRICIÚMA-SC – Paulo Gianezini; Eduardo, Derlan, Sandro, Thales (Jean Mangabeira – intervalo) e Marlon; Foguinho e Wesley; Reis (Vinicius 36’/2°), Léo Gamalho e Andrew (Luquinha 22’/2°). Técnico: Roberto Cavalo.

RENDA: R$ 75.255,00
PÚBLICO: 9.410 pagantes.
ÁRBITRO: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA RJ).
ASSISTENTES: Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ).
CARTÕES AMARELOS: Morato (3°), Antonio Carlos Zago (técnico), Ricardo Ryller, Edimar e Júlio César (3°) (BRA); Marlon, Thales, Andrew, Wesley, Luquinha e Vinicius (CRI).
CARTÃO VERMELHO: Rayan (BRA).
LOCAL: Estádio Nabi Abi Chedid,  sexta-feira (15/11).

Torcedor faz a festa no estádio, antes do início de Bragantino x Criciúma (Foto: Silvio Loredo)

Festa dos jogadores e torcedores. (Foto: Sílvio Loredo)

Foto: Sílvio Loredo

Foto: Silvio Loredo