Bragantino

Bragança em festa: Bragantino x Criciúma-SC, nesta sexta-feira, 19h15

publicado em 13 de novembro de 2019 - Por Silvio Loredo
Técnico Antonio Carlos Zago manteve muita serenidade ao longo da Série B e mostrou equilíbrio na condução do elenco (Crédito: Divulgação/Bragantino)

O torcedor do Bragantino não para de comemorar. Primeiro, o acesso do time para a Série A do Brasileiro depois de 21 anos, e agora a conquista do título – que seria oficializada na noite desta quarta-feira, 13, caso o Sport-PE não tenha vencido o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto, ou então com um simples empate na noite desta sexta-feira contra o Criciúma-SC.

Curiosamente, Bragantino e Criciúma foram protagonistas na Série B de 1989, quando se enfrentaram na fase de quartas de final e o Braga avançou para, na sequência, passar pelo Remo-PA e conquistar o acesso.

O time do Bragantino, que na ocasião venceu por 3 a 0, era comandado por Vanderlei Luxemburgo e foi a campo com: Marcelo; Gil Baiano, Júnior, Nei e Biro Biro; Mauro Silva, Ivair e Gatãozinho (Daniel Frasson); Valmir, Mário (Tiba) e Luiz Müller. Os gols foram anotados por Ivair (37’/1°), Evandro (contra 10’/2°) e Biro Biro (12’/2°).

TIME ESTÁ FOCADO

Independente de entrar em campo na noite desta sexta-feira, 19h15, no Estádio Nabi Chedid, já com o título de campeão garantido ou não, jogadores e comissão técnica do Bragantino não querem perder o foco da competição em hipótese alguma.

Aos poucos as metas propostas antes do início da competição estão sendo alcançadas. Acesso, título, equipe com maior número de vitórias, melhor ataque, defesa menos vazada e agora a possibilidade de estar entre as três melhores campanhas da história da Série B, desde que começou a ser disputada no sistema de pontos corridos.
Com 71 pontos, o Braga pode chegar a 80 caso vença seus três últimos compromissos e terminar à frente de 12 entre 14 clubes campeões desta competição. Apenas o Corinthians de 2008 (que somou 85 pontos) e a Portuguesa de 2011 (com 81) teriam um melhor aproveitamento que o Massa Bruta.

LIGGER E UILLIAN CORREIA CUMPREM SUSPENSÃO

Ao menos duas alterações o técnico Antonio Carlos Zago será obrigado a realizar em sua equipe. O zagueiro Ligger e o meio-campo Uillian Correia receberam o terceiro cartão amarelo e desfalcam a equipe. Rayan ou Anderson Marques e Ricardo Ryller devem ser os substitutos.

O lateral Rafael Carioca deixou o campo lesionado na partida contra o Operário, ainda na primeira etapa e, desta forma, Edimar deve ser mantido entre os titulares.

Nas demais posições a tendência é para a manutenção da mesma base que iniciou esta última partida, em Ponta Grossa-PR. SL

FICHA TÉCNICA

BRASILEIRO SÉRIE B – 2019
RODADA 36 – (17ª DO RETURNO)
BRAGANTINO x CRICIÚMA-SC

Equipes prováveis:
BRAGANTINO – Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Rayan (Anderson Marques) e Edimar; Barreto e Ricardo Ryller; Morato, Claudinho e Wesley; Ytalo.Técnico: Antonio Carlos Zago.

CRICIÚMA-SC – Paulo Gianezini; Carlos Eduardo, Thales, Sandro e Marlon; Eduardo, Wesley, Foguinho e Daniel Costa; Reis (Andrew) e Léo Gamalho.  Técnico: Roberto Cavalo.

LOCAL: Estádio Nabi Abi Chedid, AMANHÃ (sexta-feira – 15/11), 19h15.

ÁRBITRO: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA RJ).
ASSISTENTES: Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ). QUARTO ÁRBITRO: Rodrigo Gomes Paes Domingues (SP).