BJD
29 máx 17 min
BragançaPaulista18 Fev 2018


Cidade


Retomadas tratativas para o município oferecer merenda escolar na Rede Estadual
Terça-Feira,  17 JAN 2017
Versão para impressão
Tamanho dos carácteres

 A notícia de que a Prefeitura retomou as conversações para oferecer merenda escolar para mais de 12 mil alunos da Rede Estadual de Educação ainda neste ano, foi confirmada pelo dirigente regional de Ensino de Bragança Paulista, Adílson Moreira Condesso, e ratificada pelo prefeito Jesus Chedid, que enalteceu o empenho do deputado Edmir Chedid nessa questão.

A notícia foi divulgada pelo próprio prefeito na solenidade da assinatura de contratos e ordens de serviços para o desassoreamento do Lago do Taboão e modernização da Praça Nove de Julho, realizada na tarde de segunda-feira, 15 (foto acima).

Na manhã dessa terça-feira, 16 de janeiro, em entrevista ao BJD, por telefone, Adílson Condesso, que foi secretário municipal de Educação da atual administração até setembro de 2017, afirmou que essa ação era trabalhada ainda no plano de governo do então candidato a prefeito Jesus Chedid. “Foi lançada a proposta de reaver o convênio com o Estado na merenda. No entanto, o custo para assumir a merenda é alto.


Uma reunião sobre o assunto da merenda foi realizada ainda na
segunda-feira, entre o prefeito, o vice prefeito, equipe de profissionais
da Secretaria de Educação e o dirigente de Ensino


O repasse, atual, para 12.500 alunos da rede estadual, feito pelos governos federal e estadual, é de aproximadamente R$ 3,2 milhões. O custo para o gerenciamento dessa merenda pelo município, que serve cinco refeições diárias, é de 50% a mais. Ou seja, a Prefeitura terá um gasto para poder retomar o convênio. Por isso esta se tentando uma contrapartida com outro setor do Governo do Estado, que é o setor de Obras”, explicou inicialmente Condesso.

O dirigente de Ensino detalhou sobre essa contrapartida. “À época que eu era secretário de Educação do município, conseguimos recuperar obras de três creches que estavam paralisadas. A Prefeitura pleiteia mais três creches e a Secretaria de Obras de Bragança já apresentou os projetos e entregou ao secretário estadual de Educação, José Renato Nalini.

Como representante do Governo do Estado, consegui a previsão de uma creche; o deputado Edmir Chedid conseguiu a segunda creche, mas o município quer três. Vamos levar esse pleito ao secretário Nalini e ao presidente do FDE, João Cury Neto, se eles conseguem atender”.

Condesso afirmou também que se tudo correr bem, a merenda começa ainda neste ano. “Importante frisar que, se o contrato com o município não for retomado, o Estado tem contrato vigente com uma empresa terceirizada e a merenda será servida normalmente”, finalizou.