BJD
33 máx 20 min
BragançaPaulista18 Jan 2018


Cidade


Bragança Paulista não está na lista para vacinação fracionada da febre amarela
Quinta-Feira,  11 JAN 2018
Versão para impressão
Tamanho dos carácteres

 Nesta semana, o Ministério da Saúde informou que entre fevereiro e março deste ano, 76 municípios dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia irão realizar campanha de vacinação com doses fracionadas contra a febre amarela. Bragança Paulista não está na lista das 52 cidades paulistas que irão adotar esse sistema de imunização.

“Bragança não está aplicando doses fracionadas da vacina de febre amarela. Está exatamente igual desde o início. Embora tenha saído na mídia que o Ministério da Saúde deve fazer isso em algumas regiões, para nós nada mudou. Continuamos aplicando a vacina normal. Em nenhum momento nós aplicamos doses fracionadas”, informou a secretária municipal de Saúde, Marina Fátima de Oliveira, em entrevista ao BJD no início da tarde dessa quarta-feira, 10 de janeiro.



“A população não tem porque se desesperar, nós tivemos macacos mortos diagnosticados por febre amarela e outros não. A população precisa se vacinar sim e nas nossas unidades de saúde há estoque para vacinação”, afirmou Marina. Ainda de acordo com a secretária, conforme dados da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo, entre 2000 e 2016, foram vacinadas 76 mil pessoas e no ano passado foram vacinadas 84 mil.

A vacina contra a febre amarela pode ser aplicada em crianças a partir de 9 meses e não há mais restrições para idosos. A vacina é contraindicada para pacientes em tratamento de câncer e pessoas com imunossupressão, pessoas com reação alérgica grave à proteína do ovo; gestantes e lactantes e crianças menores de 9 meses. A vacinação contra febre amarela impede a doação de sangue por um período de quatro semanas.

A partir do próximo sábado, dia 13, o município contará com três pontos fixos de vacinação contra a febre amarela: Rodoterminal (Bairro do Matadouro); Lago do Taboão e Mercado Municipal Waldemar de Toledo Funk (Centro). Às quartas-feiras, desde o ano passado, a Vigilância Epidemiológica faz a vacinação na feira-livre do Bairro do Lavapés (foto acima). As equipes ficarão nestes pontos fixos, das 8h00 às 16h00 e outras equipes irão para as áreas rurais, limítrofes com Atibaia e Jarinu.

BALANÇO

Atibaia registrou duas mortes por febre amarela, sendo dois homens, de 22 e 89 anos. Em Mairiporã, foram confirmadas são 11 óbitos. Após solicitação do BJD, a Divisão de Vigilância Epidemiológica e Controle de Doença (Dive) divulgou um balanço sobre os dados da dengue, Chikungunya, Zika Virus e Febre Amarela.