BJD
28 máx 14 min
BragançaPaulista24 Nov 2017


Cidade


Rodovias estaduais da região de Bragança Paulista não estão incluídas em estudo nacional
Sábado,  11 NOV 2017
Versão para impressão
Tamanho dos carácteres

 As rodovias de jurisdição estadual mais importantes da região de Bragança Paulista, Alkindar Monteiro Junqueira (Bragança/Itatiba) e Capitão Barduíno (Bragança/Socorro), não estão incluídas em pesquisa sobre a qualidade das rodovias do país, realizada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT).

De acordo com o coordenador geral da pesquisa, Jefferson Cristiano, a pesquisa contempla 100% da malha viária federal e os trechos estaduais são indicados pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) de cada estado.

“A prioridade da pesquisa é o acompanhamento dos investimentos federais. Em relação aos trechos estaduais, o DER passa os que considera de maior relevância de acordo com o estudo”, informou Jefferson em entrevista por telefone ao BJD na manhã desta sexta-feira, 10.

O coordenador da pesquisa aponta como dificuldade a falta de dados mais precisos sobre o gerenciamento da malha viária tanto do DER quanto do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). “Não posso dizer que o DER não está priorizando a região de vocês, que por serem moradores sabem das necessidades.

O que afirmo é que, no âmbito da pesquisa, constatamos que faltam maiores informações sobre o gerenciamento da malha, não só do DER como também do DNIT, como por exemplo, mapeamento, fluxo de veículos, necessidades pontuais, entre outras informações”, diz o integrante da Confederação, localizada em Brasília (DF).

“O DER de São Paulo até tem conseguido atender nossas demandas. O que falta é o contrário. Precisamos que mais rodovias sejam analisadas e não conseguimos atingir o total.

Se houvesse mais essa demanda do lado oposto, de transmitir as informações técnicas das rodovias à CNT, poderíamos fazer um levantamento mais preciso”, completa o coordenador da pesquisa.

A SP-063 foi indicada na pesquisa, mas no trecho entre Louveira e Jundiaí, que é concessionado e foi considerado ótimo.

Consultado pela reportagem do BJD sobre não ter indicado as rodovias da região para a pesquisa, o DER não respondeu até o fechamento da edição.

Rodovia Fernão Dias

A Rodovia Fernão Dias (BR-381), que liga São Paulo a Belo Horizonte (MG) e passa por Bragança Paulista, aparece na 21ª posição no ranking entre as principais ligações rodoviárias do país, classificada em bom estado.

Apenas 16 ligações rodoviárias aparecem em ótimo estado. Os principais itens avaliados na pesquisa são sinalização, pavimento e geometria.