Esporte


Cruzeiro é campeão invicto da Copa Quintiliano
Terça-Feira,  05 DEZ 2017

 O estádio “Mario Guilherme dos Santos” recebeu grande público na tarde de sábado (2) para acompanhar a final da Copa Quintiliano de futebol, realizada pela Liga Bragantina de Futebol em homenagem ao ex-funcionário da entidade, Roberto Quintiliano da Silva, que por mais de 20 anos colaborou com o futebol amador da cidade.

Cruzeiro e Vasco chegaram a essa final de forma invicta entre as dezesseis equipes participantes. Também foi a última competição da gestão de Paulo José Caetano (Paulinho) que encerra seu mandato em janeiro de 2018.

Os dois times contaram em seus elencos com diversos jogadores que defenderam clubes no campeonato Série A, da Liga e com isso proporcionaram uma partida bem disputada.

Apresentando um melhor futebol durante todo o transcorrer da partida e apoiado pela sua torcida, o Cruzeiro derrotou o Vasco por 3 a 1 e se sagrou campeão.

Desde o início da partida o Cruzeiro foi preciso nas oportunidades criadas e logo aos 5 minutos o atleta Mosquito abriu o placar e o mesmo jogador ampliou aos 25 minutos. O Vasco procurou por diversas vezes criar jogadas no setor ofensivo, procurando diminuir a desvantagem, mas a defesa contrária, bem posicionada não deu chances.

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou a marcar aos 11 minutos através de Dodô. O Vasco diminuiu aos 14 minutos, através de uma bela cobrança de falta de Branquinho.

Após a partida foram entregues os troféus e medalhas ao campeão Cruzeiro, vice Vasco, ao artilheiro Jonatas, do São Miguel e ao goleiro menos vazado Mikael, do Vila Garcia.

FICHA TÉCNICA
COPA QUINTILIANO - Final
CRUZEIRO 3 x 1 VASCO
Equipes:

CRUZEIRO:
Ricardo, Nando, Geovani, Tobi (Elton), Bitinho, Natan (Wellington), Mosquito (Tales), Thierry, Miller, Dodô, Tuchinha (Romarinho) (Chato). Téc. Léo Silvério. Gols: Mosquito (2) e Dodô.

VASCO: Tigela, Aderson (Bira), Robema, Tiago, Luizinho (Valdir Santana), Branquinho (Silson), Baião, Jal (Juninho), Robinho (Romário) e Formiga (Isac).

Téc. Tiagão. Gol: Branquinho.
Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra; auxiliares: Robson Rodrigo e Rodolfo Berson.
Delegado da Liga: Giovani da Silva Gato
Local: estádio “Mario Guilherme dos Santos”, sábado, dia 2, à tarde.