Cidade


Prefeito pede em Brasília recursos para combater enchentes na cidade
Quarta-Feira,  10 JAN 2018

 O prefeito Jesus Chedid confirmou à reportagem do BJD, na manhã dessa terça-feira, 9 de janeiro, que estará em Brasília nesta quarta-feira, 10, junto com o vice-prefeito Amauri Sodré, o deputado estadual Edmir Chedid, e o secretário municipal de Obras, Antonio Paulo de Oliveira Armando, para tentar obter recursos para o combate às enchentes no município.



“Amanhã [quarta-feira, 10] teremos uma audiência com o ministro da Secretaria de Governo para falar do projeto de combate às enchentes”, informou o prefeito Jesus Chedid. Segundo ele, seu voo para a capital do país estava marcado para as 18h00 dessa terça-feira.

O secretário de Obras, Paulo Armando, detalhou o projeto que será apresentado ao ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo da Presidência da República. Segundo o secretário, no ano passado, foi apresentado um projeto de combate às enchentes na ordem de R$ 100 milhões.

“Deste projeto macro, de R$ 100 milhões, apresentaremos parte dele, que custará R$ 30 milhões. Esse é o recurso necessário que precisamos para acabar de vez com as enchentes em Bragança”, afirmou o secretário.

Segundo Paulo Armando, serão feitas intervenções na Rua Francisco Luigi Picarelli, no Lago do Orfeu, e canalização definitiva no ribeirão Itapechinga (Jardim Califórnia). “Além disso, serão construídas duas bacias de amortecimento, como se fossem reservatórios ou piscinões, na Avenida Europa, que irão captar de 40 a 50 mil m³ de água, contingenciando essa água para escoar gradativamente”, detalhou o secretário.

Também será feito o rebaixamento da calha da tubulação que passa pela Avenida dos Imigrantes e na região do Jardim Califórnia e seguirá pela Vila Malva. “Serão 6,8 quilômetros de limpeza e estaca prancha [cortinas de contenção de aço].

Todas essas intervenções praticamente resolvem os problemas das enchentes na cidade”, afirmou Paulo Armando. Os outros R$ 70 milhões seriam utilizados para ‘acabamento e paisagismo’.

OUTRAS DEMANDAS

O prefeito aproveitará a viagem para solicitar mais recursos para projetos elaborados pela Secretaria Municipal de Obras. Um deles trata de verbas para recapeamento asfáltico, inclusive para a zona rural, na ordem de R$ 20 milhões; e outro, para adequação de acessibilidade em prédios públicos, na ordem de R$ 28 milhões.