BJD
29 máx 17 min
BragançaPaulista18 Fev 2018


Colunistas


Raposão tá de “vorta”
Sexta-Feira,  02 FEV 2018
Tamanho dos caracteres

 Enfim, as minhas merecidas férias chegam ao fim hoje, com a “vorta” de Raposão (e você verá que hoje estarei utilizando muito o “R” no lugar do “L”), para abordar tudo que é de bom e ruim que acontece aqui e nesse mundão afora, para a alegria de uns e tristeza de outros.

Na verdade não foi bem umas férias, pois após a perda de minha mãe em dezembro passado, precisava desse tempo, afinal a vida continua, mas para ela continuar às vezes a gente precisa dar um tempo para a própria vida, pois o impacto de tamanha perda obviamente foi enorme. E é a ela (à minha falecida mãe) que dedico esta coluna de hoje, a primeira de 2018, esperando e desejando que este ano seja bem melhor que o que passou.

E “vamuuu” que “vamuuu”!

RAPOSÃO E A “CURTURA”

Por falar em ano “melhor”, confesso que nunca vi momento “tão delicado” como este pelo qual estamos passando na cultura brasileira, especialmente na música. Aliás, taxar como “delicado” é até uma forma educada de se referir a ela, pois achei melhor nem citar a expressão que me veio à cabeça.

Olha que já tivemos verdadeiras “porcarias” num passado distante e até recente, mas igual ao que vemos hoje, confesso que tá difícil de Raposão lembrar!!!

A cultura hoje está “curta”, ou seja, realmente está mais para “curtura” do que para “cultura”.

INCRÍVEL !

Classificar como incrível o fato do cantor (?) Pablo Vittar ter ganho prêmios em 2017 na área musical é o mínimo que podemos dizer, pois como explicar que uma pessoa que NÃO sabe cantar e desafina a cada 5 segundos possa ganhar prêmios de música?

Apenas a título de comparação, é como se uma pessoa que não sabe dirigir ganhasse o campeonato mundial de Fórmula Um. Você já parou para pensar nisso? Assim, Pablo Vittar ganhar prêmio na área musical chega a ser INACREDITÁVEL!!!

E isso é só um exemplo de como anda a nossa “curtura” musical.

Outro dia ouvi uma música dessa moça chamada Anitta, uma moça muito bonita por sinal, e que até canta bem, a qual qualifico (a música) como um “supra sumo” das letras. Acho que a música se chamava “Vai Malandra”, pois repetia sempre esse termo (não me preocupei em anotar, mas pelo nome você já imagina o que vem!). Veja uma parte da letra:

“Vai malandra, ã ã, é tá louca,
tô brincando com o bumbum,
ã ã, tu tu, tum tum, ã ã, vai malandra,
ã ã, é tá louca, tô brincando com o bumbum,
ã ã, tam tam, ã ã”

Olha...sinceramente? Após ver essa letra acima, esse verdadeiro “poema musical”, a única coisa que posso dizer é que eu tenho dó da juventude atual! E se isso é pelo fato de eu estar ficando velho, então eu faço ficar velho rapidinho!!!

LULA LÁ...

...na cadeia!

Que tempos estamos vivendo, hein!? Raposão vai ver Maluf e Lula na cadeia, mas o Mundial do Palmeiras até agora eu não vi!!! (xiii...agora que eu apanho na rua).

Apesar do “falastrão” do Lula estar esbravejando prá tudo quanto é lado pelo fato da sua condenação não só ter sido mantida, mas também teve a sua pena aumentada, a verdade é que ele vai ser preso em pouco tempo, salvo se o STF tire algum coelho da cartola, para envergonhar ainda mais esse tribunal perante a população brasileira.

Por enquanto ainda está prevalecendo que “os condenados em segunda instância devem ser presos”, então o lugar de Lula, para mim o “pior brasileiro” da história desse país, será realmente na cadeia.

E se você duvida que “Lula é o pior brasileiro de todos os tempos”, basta ver o que fez nesta nação, não só continuando a usar a corrupção para governar, se enriquecer e enriquecer seus filhos, como também jogando uma classe contra a outra, criando uma guerra sem sentido entre “ricos e pobres”, por ser conveniente a ele e seus interesses, canalizando bilhões para uma causa partidária, deixando as causas da nação em segundo ou terceiro plano.

Lula, você teve a chance de mudar a história deste país e o que você fez? Não será Raposão que irá aqui descrever o que você fez, pois a sua condenação explica a sua trajetória!

E tem gente que ainda fala que isso é “golpe”...

VÁ ENTENDER !?

Assim como citei acima que tem gente que fala que a condenação de Lula é “golpe”, é “política”, a verdade é que Raposão não consegue entender esse amor e idolatria por esse falastrão do Lula, hoje um condenado pela Justiça e prestes a ter seu mandado de prisão expedido.

Vou aqui confessar algo e dar um exemplo: eu mesmo, confesso que votei no Aécio nas últimas eleições, por achar que ele era a chance de tirar o PT do governo, por tudo o que foi feito de ruim neste país (a crise criada pelo PT está aí até hoje nos bolsos de todos!!!). Agora, pergunte para mim se eu voto de novo em Aécio Neves? Não voto nunca mais nele!!!

Quero mais é que o Aécio seja investigado e pague por seus crimes, que parecem que não são poucos. Mas, vejo que os seguidores de Lula não pensam assim. Embora a vasta gama de crimes que Lula cometeu, eles ainda querem por ele em um “altar”, como se santo fosse!

Sinceramente, não entendo! A conclusão que chego é que ou esse pessoal “mamava” nas tetas da corrupção (que infelizmente é tão vasta neste país) ou sofre de algum problema, o qual não sei dizer qual é.

E assim caminha a humanidade...

FATO ESTRANHO 1

O Movimento Sem Terra, popularmente conhecido como MST, parece que ainda não percebeu uma coisa: Lula ficou 8 anos governando esse país e Dilma mais uns 5 anos, ou seja, foram quase 13 ou 14 anos esse país nas mãos do PT, que tanto apoia esse movimento! Fica a pergunta: por que esse pessoal do MST ainda está sem terra???

Como se vê, parece que esse movimento o que menos quer é terra! O “negócio é outro”!

FATO ESTRANHO 2


Raposão recebeu o carnê 2018 do IPTU do seu escritório e estranhamente veio um grande aumento da área tributada. Digo estranhamente porque não recebi nenhuma intimação ou nenhum carnê complementar no ano passado e que todo mundo, que teve irregularidade apontada pelo “aviãozinho” que sobrevoou a cidade, recebeu.

Mais estranho ainda é que o referido imóvel tem quase 100 anos (isso mesmo que você leu: CEM ANOS) e nunca houve aumento na área do mesmo ou qualquer reforma, ou seja, do jeito que foi construído está até hoje. E mesmo que tivesse alguma reforma, ela já data de mais de 60 anos, ou seja, estaria irregular todo esse tempo??? Então, por que será esse aumento que veio para Raposão?

Alguma coisa parece errada aí. Em caso positivo, este será mais um caso que vai entrar para a estatística dos inúmeros ou milhares de erros cometidos pelo “aviãozinho” que, aliás, resultou até na abertura de uma investigação interna (uma sindicância foi aberta dentro da Prefeitura) para ver o motivo de tantos equívocos.

Como se vê, a Prefeitura deveria, como uma grande parcela da população reivindicou e reclamou, ter feito com mais calma o estudo do levantamento realizado pelo “aviãozinho” e ter lançado tais aumentos em 2019, aí sim com mais exatidão, dando inclusive mais tempo a todos de ingressarem com seus recursos, sem os atropelos que ocorreram.

Estamos vendo que realmente ter lançado tais aumentos baseados exclusivamente nos dados do “aviãozinho”, sem comprovar tais irregularidades “in loco”, foi um erro cujo tamanho só será medido “nas próximas eleições”.

Agora o estrago está feito, principalmente o estrago “político”.

Aguardemos...

Um bom final de semana a todos, lembrando que esta Coluna é meramente fictícia, com verdades e inverdades (cabendo a você, leitor, descobrir qual é qual?), e na sexta-feira que vem tem mais (se Deus assim consentir), lembrando que Raposão aceita dicas, opiniões, críticas e, é lógico, elogios (desde já, os agradeço), que podem ser feitos via e-mail, telefone (ver ambos abaixo), “sinais de fumaça” ou cartas para redação do BJD, situada à Av. Antônio Pires Pimentel nº 957, Centro, Bragança Paulista, CEP 12914-000. Acompanhem também Raposão na Internet, pelos sites www.bjd.com.br e no Facebook (Raposão João Raposo Advogados Associados) ou no Instagram (joao_raposo João Raposo Advocacia – Raposão).

João José Raposo de Medeiros Jr. é advogado e colaborador do BJD desde 1982. Contatos pelo e-mail joao_raposo@terra.com.br (por “leitor Raposão” no assunto do e-mail) ou pelo tel. 9-8353-5626 (cel. TIM) (digite o número 9 mais a palavra “TELEJOAO” no teclado do tel que dá esse número, bem mais fácil de guardar, não?) ou pelo Whats App (ZapZap) 9-9903-4555 (cel. VIVO).