BJD
29 máx 18 min
BragançaPaulista21 Fev 2018


Colunistas


Quadra de Tênis
Sábado,  20 JAN 2018
Tamanho dos caracteres

 Vereadores Basílio Zechin e Marcolino pedem para que a prefeitura viabilize uma quadra de Tênis pública, para que a população possa praticar esse esporte.

É um pedido justo.

2 – Ginásios de esportes: utilização indevida

Devemos ressaltar que, infelizmente, nossos Ginásios de Esportes são utilizados para práticas não desportivas (reuniões, comércio, shows etc.), o que deteriora e dificulta seu uso para a destinação que é o esporte.

Conseguimos aprovar lei, que pelo menos no “Lourenção”, o ginásio não pudesse ser cedido para práticas não desportivas. Nossa lei foi revogada, e a Câmara rejeitou na legislatura passada um projeto de minha autoria tentando restabelecê-la.

3 – Rojões x animais domésticos


O BJD publicou na semana passada uma reportagem sobre o estresse e o sofrimento de animais domésticos (cães, gatos e outros) com o barulho de rojões.

Em alguns municípios (Santos, por exemplo) foi aprovada lei proibindo que rojões (que fazem barulho) sejam utilizados no município, sendo permitidos fogos de artificio sem estampidos fortes.

Segundo pareceres jurídicos, tal lei não poderia ser de origem do poder legislativo, e mesmo sendo confeccionado projeto pelo Executivo, poderia ser questionada. O fato é que algo precisa ser feito a respeito (campanha, regulamentação etc.).

4 – Imóveis tombados: sem incentivo

Impressionante a falta de sensibilidade das administrações municipais com a questão dos imóveis tombados. Não há nenhum incentivo tributário aos proprietários que os conservam, os mantem. Vários pedidos já foram feitos, mas a resposta da Prefeitura é que “estão estudando” a questão. Estão “estudando” há muito tempo.

Nada de concreto é feito. E são poucos os imóveis, o impacto financeiro seria mínimo.

5 – Necessário divulgar


A reforma da Praça 9 de Julho, anunciada pela prefeitura, para melhorias no Trânsito, não tem projeto devidamente divulgado, o que causa receio dos que trabalham no local (bares, farmácia, comércio, prestação de serviços etc.). Eles temem prejuízos a seus estabelecimentos.

6 – Correios: Triste situação

E os Correios. Sabemos que eles perderam muita renda com os novos tempos (reduziu muito o número de correspondências, tipo carta etc.). No entanto, seus serviços estão cada vez piores.

Atrasos constantes nas entregas causam sérios problemas à população.

7 – Só duas concorrentes

As OSs que concorreram na licitação da prefeitura para gerir parte da saúde pública foram apenas duas (uma delas com denúncias em outros municípios). Antes se criticava a tal da ABBC, que realmente deixou muito a desejar. Nesta administração, mudaram a lei, reduzindo as exigências para uma OS concorrer. Mas, paradoxalmente, só duas se interessaram.

O que está acontecendo?

8 – Multas retiradas?

Nas redes sociais, “pipocaram” denúncias sobre anulação de multas de trânsito. Pelo que entendi muitos ônibus de empresa que trabalha em Atibaia, fizeram um inusitado e desnecessário desfile aqui em Bragança.

Na ocasião, teriam sido autuados por equipamentos eletrônicos do município. Segundo a “denúncia” as multas teriam sido contestadas fora do prazo, e ... retiradas. Até quando escrevíamos essa nota, nenhuma explicação oficial foi dada.

9 – Falta placa


Na Rua Dr. Tosta, entre o Tibiriçá e a Santa Clara, a mão de direção é descer. Acontece que é comum veículos subirem na contramão por falta de sinalização (não tem placa na Santa Clara). Já reclamamos antes, mas o problema continua. E é fácil de resolver.

10 – Represa está baixa


A represa Jaguari - Jacareí, embora tenha chovido bastante nos últimos dias, está com nível baixo para essa época do ano. Está com apenas 48% de sua capacidade. No ano passado estava com 74% nessa data.

Na época das secas poderemos ter problemas de novo.

Precisa ser alertado, para que as pessoas economizem água.

11 – Folclore: tem mais 18

Década de 2000. Telefonei para meu gabinete na Câmara para falar com meu assessor. Ele não estava na sala, pois estavam limpando a mesma.

A moça que fazia a limpeza atendeu o telefone e eu resolvi brincar, mudando a voz e fazendo um tipo bem agressivo:
- Cadê o FDP do Marcus Valle? Está ai?

A moça assustadíssima disse:
- Não... eu só estou limpando a sala.
Continuei com voz agressivíssima.
- Mas não tem nenhum outro FDP para eu falar?

Em pânico ela respondeu:
- Tem mais 18 outros vereadores.