BJD
31 máx 19 min
BragançaPaulista18 Jan 2018


Colunistas


Raposão e o “Rabo do Cachorro”
Sexta-Feira,  17 NOV 2017
Tamanho dos caracteres

 Raposão, esta semana, foi surpreendido com a notícia, que só agora deu conta, que a Prefeitura desativou (leia-se, “destruiu”) uma quadra de malha e uma quadra de areia.

Até aí poderia nem causar estranheza, pois se fosse por uma reforma ou algo de novo que seria ou será construído no local, seria uma notícia normal, mas não, a desativação se deu por outros motivos!

Acredite: a quadra de malha (situada na Praça Saturnino Paccitti com a Rua Joaquim da Silva Franco, lá no Jardim Júlio Mesquita) foi destruída pelo fato de ter se transformado em ponto de consumo de drogas e consumo excessivo de álcool e também ponto de prostituição.

Já a quadra de areia destruída, fica no Jardim Califórnia e o motivo é parecido.

O que mais surpreende Raposão é que ao menos uma dessas medidas foi tomada após reunião com os moradores, que solicitaram a demolição, ou seja, ao invés de por ordem na casa e fazer “a coisa funcionar”, optam pela destruição (Raposão já viu isso, anos atrás, com o presídio Carandiru, onde optaram por jogar milhões de dólares no lixo, ao invés de fazer o sistema funcionar).

Creio que todos nós sabemos a importância do esporte na vida de uma criança ou de um jovem. Quando eu era pequeno (e lá se vão uns 40 anos isso), andava quilômetros para jogar uma bolinha e sonhava com uma quadra ao lado de casa. Depois cresci e vivi o esporte profissional e sempre defendi a ideia de termos quadras públicas, se possível uma quadra em cada praça da cidade.

Quando há anos a Prefeitura começou a fazer quadras pela cidade, pensei que era o meu sonho sendo realizado. Mas, hoje vendo quadras serem destruídas por causa de usuários de drogas e outras pessoas que utilizam mal o local, sinceramente sinto vergonha do sistema ser tão “burro”, a ponto de “ceder ao mal” ao invés de vencê-lo!

Ainda vou continuar com o sonho de ver, em cada praça das cidades brasileiras, quadras cheias de crianças e adolescentes jogando bola com segurança e alegria. Essa opção de “destruir” ao invés de “fazer funcionar” (como investir em trabalhos sociais para coibir o uso inadequado do local, aumentar a segurança, etc) é como se o correto fosse “o rabo balançar o cachorro”, ao invés do inverso.

Lamentável!

CONSUMIDOR É TONTO ?

Alguns produtos estão “diminuindo de tamanho”, mas não fique animado, pois tal mudança não é visando algo que favoreça ao consumidor, mas sim o fabricante!

Raposão foi ao supermercado e se surpreendeu ao ver que embalagens de gelatinas diminuíram de tamanho (a embalagem passou de 35 para 25 gramas, ou seja, uma diminuição de quase “30%”) e latas de refrigerantes “aumentarem a altura” (hoje têm um novo “formato”) e mesmo assim, apesar de parecerem maiores, na verdade diminuíram seu conteúdo de 340ml para 290ml (diminuição de quase “16%”).

Isso só tem um nome: VERGONHA! É o consumidor sendo tratado como “tonto”.

Raposão pede duas coisas: que os consumidores não comprem esses produtos (no caso das latas de refrigerantes, ainda tem a opção de 340ml) e que os comerciantes (donos de bares e restaurantes) também boicotem tais produtos (comprem as latas maiores de “refri” para servir aos seus consumidores).

Quem sabe assim os fabricantes aprendam a não tratar nós, consumidores, como citei acima, como tontos!?

Vamos boicotar!!!!

SABESP SEM CONTRATO DESDE 2009 ???

Não é um mês, não é um ano, não são três, mas sim quase 9 anos (venceu em 2009) que o contrato da Sabesp está vencido aqui em nossa cidade!!!

O que será que acontece que não decidem sobre tal contrato? Acho incrível que isso ocorra, pois garanto que se fosse entre empresas particulares, esse contrato já teria sido renovado ou outra empresa contratada há muito tempo!!! As coisas públicas são tão enroladas, não!?

Raposão já falou aqui: tem que por cláusula determinando que, quando a Sabesp abrir algum buraco, ela asfalte uma boa parte da rua ao invés desses “tapa buracos” que ela faz, que deixa a rua com solavancos. Esse tem sido um dos grandes problemas, pois o que a Sabesp abre de buraco nas ruas de Bragança e depois faz aquele “remendão” que nunca fica bem feito, não está escrito em gibi nenhum!!!

Recentemente, Raposão viu um rompimento de tubulação na Rua José Botinha Maciel (lá na Planejada 2), justamente em uma rua que acabou de ser inteirinha recapeada pela Prefeitura. Pergunta: será que a Sabesp vai deixar essa rua igualzinho estava, ou seja, “lisinha e bem asfaltada”?

Raposão vai passar por lá e depois conta aqui como a rua ficou.

MULTAR QUEM ?


Agora nossos governantes estão dizendo que vão passar a multar pedestres e ciclistas. Aqueles que não atravessarem na faixa de pedestres ou andarem com suas “bikes” na contramão, poderão ser multados. Como isso vai ser feito ainda não sei (ainda não se sabe se vão “sair correndo atrás da pessoa para pegar o seu RG ou CPF” ou se “vão fotografar e multar pela foto da pessoa”!!???).

Piadas a parte, a verdade é uma só: não pensem que estão preocupados com sua segurança, não! Se estivessem, as ruas não seriam tão esburacadas e as faixas de pedestres seriam somente feitas de “lombofaixas” (aquelas mais altas e preferencialmente deviam ser iluminadas), e não essas faixas apagadas que ninguém vê!

Como afirmei, não se engane: a intenção é multar e arrecadar!

Uma vergonhaaaa!

LESMA ?


Reforma da Variante do Taboão está igual lesma: quase que parada! (peço perdão às lesmas, pois elas andam mais rápido que essa obra!).

Tenho ficado impressionado com o marasmo e a lentidão dessa obra! Começou com tudo, parecia que em alguns dias tudo estaria terminado e eis que a obra passou a ter um andamento, digo, um “engatinhamento” mais lento que uma “pedra andando”!!!

O pior é que o local está mal sinalizado e acarretando problemas, pois os retornos ficaram distantes demais.

É mais uma vez Bragança sofrendo nas mãos de autoridades que parecem não dar muita importância para ela.

SALÁRIOS DE MARAJÁ ?

Rola um vídeo pela internet informando os salários existentes na Câmara Municipal de São Paulo. Por lá os vereadores tem “engraxate” para lustrar seus sapatos e, acredite, o engraxate ganha cerca de R$10.460,51 (referência salarial de Outubro de 2016).

Já a pessoa que comanda o elevador, o famoso “ascensorista”, ganha entre R$8.752,87 e R$11.057,11 (acredite! Você não está lendo errado, não!). Mas, se você pensa que acaba por aqui, não acaba não! Pois os grandes salários são dos motoristas dos vereadores de São Paulo, que recebem cerca de R$15.485,22 por mês!!! E tem até “lavador de carros”, cujo salário é cerca de R$11.291,55 mensais, mas, pasmem: a informação que se tem é que não mais lava carros por lá!!!!!

Alô Ministério Público de São Paulo: a “bola” está com vocês!!! Será que tem alguma coisa errada aí?

Aguardemos...

AGRADECIMENTO


Raposão pode ter um monte de defeitos (dos quais não me lembro de nenhum no momento! kkk), mas se tem algo que sei fazer é ser grato!

Nesses momentos tão difíceis que ando passando, com enfermidade na família, queria agradecer aqui, “em público”, ao tabelião Fábio Nougalli, do 1º Cartório de Notas e Protestos, ali na Avenida Imigrantes, pela atenção, carinho e dedicação nos serviços prestados à minha mãe.

Tem coisas que o dinheiro jamais irá pagar! Meus mais sinceros agradecimentos e votos de admiração e respeito. Que Deus lhe pague!


Um bom final de semana a todos, lembrando que esta Coluna é meramente fictícia, com verdades e inverdades (cabendo a você, leitor, descobrir qual é qual?), e na sexta-feira que vem tem mais (se Deus assim consentir), lembrando que Raposão aceita dicas, opiniões, críticas e, é lógico, elogios (desde já, os agradeço), que podem ser feitos via e-mail, telefone (ver ambos abaixo), “sinais de fumaça” ou cartas para redação do BJD, situada à Av. Antônio Pires Pimentel nº 957, Centro, Bragança Paulista, CEP 12914-000.

Acompanhem também Raposão na Internet, pelos sites www.bjd.com.br e no Facebook (Raposão João Raposo Advogados Associados) ou no Instagram (joao_raposo João Raposo Advocacia – Raposão).


ADVOGADO João José Raposo de Medeiros Jr. é colaborador do BJD desde 1982. Contatos pelo e-mail joao_raposo @terra.com.br (por “leitor Raposão” no assunto do e-mail) ou pelo tel. 9-8353-5626 (cel. TIM) (digite o número 9 mais a palavra “TELEJOAO” no teclado do tel que dá esse número, bem mais fácil de guardar, não?) ou pelo Whats App (ZapZap) 9-9903-4555 (cel. VIVO).